22°
Máx
16°
Min

Cheerleaders de Maringá querem ir ao campeonato brasileiro

As equipes de torcida que animam os jogos, especialmente de futebol americano, são muito comuns nos Estados Unidos. Mas o esporte – sim, é um esporte – também é praticado no Brasil. Na Universidade Estadual de Maringá (UEM) existe uma forte equipe que vem treinando com a meta de participar do campeonato brasileiro.

A equipe de cheerleaders da UEM existe há cinco anos e funciona com técnicos do Rio de Janeiro. A prática não é fácil e exige vigor físico e muita técnica, especialmente nas acrobacias aéreas.

A universidade cedeu um ginásio para os treinos, mas falta a infraestrutura necessária, como um piso que pode amortecer quedas. A dificuldade financeira também existe, por isso, o time faz rifas para reunir cerca de R$ 6 mil e se inscrever no campeonato brasileiro.

Em 2014, a equipe maringaense ficou em terceiro no Paraná e, em 2015, chegou ao vice-campeonato. O esporte começou apenas com homens e ganhou mulheres na época de guerra.

A estudante Mariana Hashimoto destaca que é preciso foco, dedicação e paixão pelo esporte para se empenhar.

Colaboração Goevan Petry e Creval Sabino da Rede Massa