Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Mesmo com chuva, mais de 800 corredores participam da Prova Pedestre

(Foto: Divulgação) - Mesmo com chuva, mais de 800 corredores participam da Prova Pedestre
(Foto: Divulgação)

A chuva que caiu na manhã deste domingo (11) não atrapalhou a disputa da 15ª Prova Pedestre Cidade de Londrina, a mais tradicional da região, que reuniu competidores, entre profissionais e amadores, que percorreram algumas das principais ruas e avenidas da cidade. Este ano, a prova teve apenas o trajeto de sete quilômetros. Com total de 891 inscritos, 836 disputaram as diversas categorias da corrida que encerra o calendário de 2016.

Na reta final da prova masculina, Tauan Thiago Depieri, de Maringá, superou nos últimos metros Luís Carlos de Souza, de Ribeirão Claro, fechando o percurso com o tempo de 22min51.  Cláudio da Silva, da equipe Pé Vermelho (Londrina), foi o 3º colocado na classificação final masculina.

Tauan, 26 anos, da equipe Acorremar, explica que há anos sonhava vencer a Prova Pedestre Cidade de Londrina e que o esforço e o treinamento durante os últimos meses deram resultado. “Virei profissional de corrida há seis anos e sempre quis disputar e vencer aqui, uma das mais tradicionais provas. Consegui levar bem o percurso, o tempo ajudou e mantive perto da liderança até ultrapassar o Luiz na reta final. Quero parabenizar a organização, estava tudo positivo para correr bem aqui”. Luís, 36 anos, que corre a convite da equipe Londrina Caixa, disse que na reta final faltou perna. “Foi nos últimos metros que perdi o primeiro lugar, mas foi tudo ótimo e o Tauan está de parabéns”.

No feminino, Tatiane Raquel da Silva, 26 anos, da equipe Londrina Caixa de Atletismo, venceu a prova com o tempo de 25min11, seguida por Suzane de Araújo Martins (Londrina Caixa) e Luciana de Godoi (Duarte Triatlon). “Não teve disputa individual, consegui abrir vantagem e manter até o final. Este ano o percurso tinha mais retas e isso ajudou a manter o ritmo o tempo todo. E o tempo meio chuvoso também ajuda a refrescar. A prova foi excelente”. Para a 2ª colocada, que fechou a prova com 27min25, o importante foi manter a distância da 3ª colocada. “A Tatiane abriu frente e percebi que era melhor manter meu ritmo e garantir o 2º lugar”, disse Suzane, atleta da equipe Londrina Caixa.

Para Gilberto Miranda, coordenador da equipe Londrina CAIXA de Atletismo, e organizador do evento, a prova foi um sucesso. “Tivemos quase 200 pessoas na organização e por isso correu tudo bem durante a prova, que teve como diferencial o percurso único. Todos gostaram do percurso novo, o clima até que ajudou, pois não choveu na maior parte da prova e atrapalhou”. Para a temporada 2017, a equipe Londrina CAIXA de Atletismo prepara mais eventos e com mais estrutura. “Teremos novidades em 2017, com mais provas e uma estrutura diferenciada, privilegiando o grande número de admiradores e praticantes de corridas de toda a nossa região”, disse Gilberto Miranda.

A 15ª Prova Pedestre Cidade de Londrina, parte das comemorações do aniversário da cidade, é uma realização do Instituto Paranaense de Esporte e Cultura (IPEC) e do Projeto Londrina Caixa de Atletismo, com apoio da Fundação de Esportes de Londrina e CMTU; patrocínio da Caixa Econômica Federal, Decathlon Inesul e OAB Londrina; com parceria da Refriko e do Colégio Ética.

Colaboração Assessoria de Imprensa.