28°
Máx
17°
Min

Black Sharks perde em casa e da adeus ao Paranaense 2016

Foto: Lauane de Melo - Black Sharks perde em casa e da adeus ao Paranaense 2016
Foto: Lauane de Melo

Jogando no campo da Vila, na manhã do último domingo, 14, o Foz do Iguaçu Black Sharks acabou surpreendido pelo estreante Londrina Bristlebacks e perdeu a vaga para a semifinal do Paranaense 2016.

O time da fronteira até começou melhor e logo no primeiro ataque abriu o placar com Ruben Hernandez, depois que o Defensive Line Emerson Digão recuperou a bola para o Sharks na linha 5 de defesa do Bristle. O Kicker Daniel Galo converteu o extra point e deixou o Black Sharks em vantagem, 7 a 0.

No segundo quarto, após uma interceptação do Cornerback Damião Silva, novamente a dupla Ruben e Daniel marcaram para a equipe da casa, ampliando o placar para 14 a 0.

Mesmo com o resultado adverso, o time de Londrina não se abateu e conseguiu se recuperar na partida. Ainda no segundo quarto, o visitante anotou um touchdown e diminuiu a vantagem para 14 a 06.

No último quarto, o Bristlebacks conseguiu empatar o jogo, após marcar mais um TD e realizar uma conversão de dois pontos. A vaga para semifinal foi decidida na prorrogação, assim que o Londrina marcou um field gol (três pontos).

"O Sharks não soube aproveitar quando tinha o jogo na mão. Nós abrimos 14 pontos, o ataque não soube produzir e a defesa segurou o que deu, porém, um time que não pontua, que não sabe gerenciar o resultado, não é merecedor de disputar a semifinal. O mérito é todo do Bristlebacks. Boa sorte ao Londrina, que será o representante do interior na próxima fase", frisou o diretor Emerson Rodrigo Alves, o Digão.

O Black Sharks agora volta a campo no segundo semestre, pelo Campeonato Brasileiro.

Colaboração: Lauane de Melo / Assessoria de imprensa