27°
Máx
13°
Min

Alisson vê encontro com Suárez como um de seus maiores desafios na seleção

Teoricamente, ninguém deveria estar mais preocupado com o retorno de Luis Suárez para a seleção uruguaia do que o goleiro Alisson, que deve ser titular nesta sexta-feira no duelo entre Brasil e Uruguai, no Recife. Entretanto, o goleiro do Internacional assegurou estar animado por ter a possibilidade de mostrar serviço diante de um dos maiores atacantes do futebol mundial e explicou os motivos que fazem ele se empolgar mais com confrontos contra jogadores acima da média.

"Para o goleiro é sempre importante ter um grande desafio pela frente. Quando tem jogo mais tranquilo, a gente torce para a bola chegar e a gente conseguir mostrar trabalho. O Suárez é um artilheiro do futebol mundial e será um grande desafio para todos nós", disse o goleiro de 23 anos, que contou estudar minuciosamente todos os adversários antes das partidas.

Através da internet, o goleiro acessa vídeos e lê muito sobre os adversários que terá pela frente. A lição de casa antes do jogo com o Uruguai é certa. "Jogador de defesa, principalmente, tem que saber informações sobre o adversário. Quanto mais poder saber de quem você vai enfrentar, melhor. Isso é uma coisa que temos que aproveitar, já que só com um clique você já consegue ter acesso a cenas do jogador."

Embora seja titular da seleção brasileira, ainda não é certo que Alisson vá disputar a Olimpíada. Ele tem 23 anos, mas por meses não tem idade de seleção olímpica, e o técnico Dunga poderá levar apenas três jogadores acima desta idade limite. O goleiro do Inter vende seu peixe na tentativa de ficar com uma das vagas.

"Até um ano atrás, eu não era experiente e agora sou. Dizer que sou experiente para uma Olimpíada pode ser que sim, mas estou pronto para jogar na Olimpíada e no time principal. Sonho todo jogador tem, mas é uma escolha que cabe ao Dunga. O mérito é dele e o Dunga vai colocar quem ele achar melhor", disse o jogador.