22°
Máx
14°
Min

América-MG vence em casa e impede Santos de retomar a liderança do Brasileirão

(Foto: América-MG) - América-MG vence em casa e impede Santos de retomar a liderança
(Foto: América-MG)

O América Mineiro conseguiu neste domingo sua maior proeza no Campeonato Brasileiro ao vencer o Santos por 1 a 0, em partida pela 19ª rodada, no Independência, em Belo Horizonte, encerrando um jejum de nove partidas sem vencer no torneio.

O único gol da partida foi marcado por Juninho. Com o resultado, o Santos, que teve o goleiro Vanderlei expulso no segundo tempo, permanece com 33 pontos, na vice-liderança da competição, mas pode ser ultrapassado pelo Palmeiras já neste domingo, além de ter desperdiçado a chance de retomar a ponta. O América foi a 13, ainda na lanterna do Brasileirão.

O time mineiro volta a campo no próximo domingo para fazer partida contra o Fluminense no Kléber Andrade, em Cariacica, no Espírito Santo, às 11 horas. O Santos joga contra o Atlético Mineiro na Vila Belmiro, também no domingo, às 16h

O JOGO - Logo no começo do jogo, João Ricardo conseguiu segurar ataque perigoso do Santos. Aos seis minutos, Copete tocou para Rodrigão que chutou cara a cara com João Ricardo, que fez a torcida americana respirar aliviada, com sua ótima defesa.

Rodrigão, que ocupou a vaga de Ricardo Oliveira, que não foi escalado por causa de uma virose, tentou de novo aos 11 minutos. Vitor Bueno cobrou escanteio e o atacante cabeceou para fora. Aos 15 minutos, Osman arriscou de longe. A bola passou por cima do gol santista.

Matheusinho, aos 23 minutos, driblou Caju e cruzou, mas Osman errou o cabeceio. Nesse momento, o jogo era bem equilibrado no Independência, apesar da distância entre os dois times na tabela. Aos 35 minutos, Lucas Lima passou para Copete, que perdeu a bola quando tinha chance clara de chute ao gol.

No começo do segundo tempo, cada time teve uma boa oportunidade. Aos três minutos, Copete cruzou para Rodrigão, que não conseguiu dominar. A bola sobrou para Vitor Bueno, que chutou em cima da defesa. Um minuto depois, Michael ficou cara a cara com Vanderlei, que saiu do gol e abafou o avanço do jogador. Osman, aos 26 minutos, cruzou mas Danilo, que acabara de entrar no lugar de Michael, não conseguiu cabecear.

Aos 29 minutos, João Ricardo defendeu chute de Vitor Bueno, que poderia ter batido mais forte na bola. O goleiro Vanderlei foi expulso de campo aos 32 minutos por ter parado o ataque do América com a mão fora da área.

Victor Rangel, aos 40 minutos, recebeu na cara do gol, mas segundo a arbitragem em impedimento, o que levou os jogadores do América a reclamarem muito. Mas pouco depois, o time mineiro marcou, aos 44, com Juninho concluindo, sem chances de defesa para Vladimir, após passe de Victor Rangel.

FICHA TÉCNICA:

AMÉRICA-MG 1 x 0 SANTOS

AMÉRICA-MG - João Ricardo; Jonas, Alison, Sueliton e Gilson; Leandro Guerreiro (Diego Lopes), Juninho, Pablo, Matheusinho (Victor Rangel) e Osman; Michael (Danilo Barcelos). Técnico: Enderson Moreira

SANTOS - Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique e Caju; Renato, Léo Cittadini e Lucas Lima (Jean Mota); Vitor Bueno (Vladimir), Copete e Rodrigão (Joel). Técnico: Dorival Júnior;

GOL - Juninho aos 44 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Pablo dos Santos Alves (PB).

CARTÕES AMARELOS - Gilson e Leandro Guerreiro (América-MG); Lucas Lima (Santos).

CARTÃO VERMELHO - Vanderlei (Santos).

RENDA E PÚBLICO - Não divulgados.

LOCAL - Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG).