22°
Máx
14°
Min

Anderson leva multa de 15% do salário e volta aos treinos no Inter

Três dias depois da confusão que agitou o treino do Internacional, o vice de futebol do clube gaúcho, Fernando Carvalho, anunciou uma multa de 15% do salário ao meia Anderson e advertência ao lateral William. Nos instantes finais do treino de sexta, Anderson acertou um soco no lateral e os demais jogadores precisaram intervir para evitar um confronto direto entre os dois atletas.

De acordo com o dirigente, a multa a ser desembolsada por Anderson será direcionada a uma instituição de caridade. Apesar das punições, os dois jogadores estão à disposição do técnico Celso Roth para o jogo contra o Santos, nesta quarta, no Beira-Rio, pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Ao anunciar a punição, Carvalho justificou a decisão de não aplicar sanções mais pesadas à dupla. "Vamos levar em consideração o ambiente interno, eles tinham uma boa relação entre eles e com o grupo. Não é hora de grandes rupturas, embora o assunto tenha sido sério", afirmou.

Na sexta, a confusão teve início quando o trabalho já se encaminhava para o fim. Anderson se irritou e acertou o golpe em William. Revoltado, o lateral foi para cima do meia e precisou ser contido por alguns colegas, como Danilo Fernandes, Marcelo Lomba e Seijas. A raiva do jogador era tanta que ele conseguiu "arrastar" os companheiros, até, enfim, desistir.

Anderson deixou o gramado e foi para o vestiário um pouco antes de William, que, ainda claramente incomodado com o episódio, caminhou solitário para o túnel, evitando qualquer tipo de contato com os outros companheiros.

Após sofrer a punição, Anderson voltou aos treinos nesta segunda, um dia depois da vitória do Inter sobre o vice-líder Flamengo. Ele participou normalmente da atividade. Já William não se apresentou. Ele foi liberado para passar por procedimento dentário em razão da agressão sofrida na sexta. O soco de Anderson quebrou um dos dentes do lateral. Ele voltará aos trabalhos nesta terça.