27°
Máx
13°
Min

Antes da Eurocopa, Cristiano Ronaldo prevê Portugal 'fazendo grandes coisas'

(Foto: Fernanda Sunega/ Prefeitura de Campinas) - Antes da Eurocopa, Cristiano Ronaldo prevê Portugal 'fazendo grandes coisas'
(Foto: Fernanda Sunega/ Prefeitura de Campinas)

Um dia depois de golear a Estônia por 7 a 0 em amistoso, a seleção de Portugal desembarcou nesta quinta-feira, em Paris, visando a disputa da Eurocopa, que começa nesta sexta, na França. Autor de dois gols neste duelo final de preparação e um dos principais nomes desta edição da competição continental, Cristiano Ronaldo chega para disputar o torneio confiante de que o seu país poderá fazer uma boa campanha.

Longe do grupo dos principais favoritos ao título, Portugal desperdiçou grande chance de se sagrar campeão da Eurocopa em 2004, quando era dirigido por Luiz Felipe Scolari e foi derrotado pela Grécia, em Lisboa, na final da competição. Naquela ocasião, Cristiano Ronaldo era um jovem talento que começava a despontar como astro e depois se tornaria um dos melhores jogadores do mundo.

Ao relembrar aquele duelo, que terminou com vitória da defensiva seleção grega por 1 a 0, o astro portugu12ês ressaltou que foi um "momento difícil", especialmente por ter sido em casa. "Sabíamos que tínhamos uma oportunidades única para nos tornarmos campeões da Europa, mas isso faz parte do futebol. O futebol me ensinou um monte de coisas. E uma delas é que não há nada garantido. O que hoje é uma verdade amanhã pode ser uma mentira. Um time pode ser bom em um dia e no dia seguinte horrível", afirmou o jogador do Real Madrid, em entrevista ao site oficial da Uefa, publicada nesta quinta-feira.

Agora, porém, Cristiano Ronaldo está confiante de que Portugal poderá conquistar grandes feitos em breve ou até mesmo nesta Eurocopa na França. "Se isso aconteceu (a derrota na final de 2004), foi porque Deus quis e temos de pensar no futuro. O futuro da seleção nacional é positivo e Portugal vai fazer grandes coisas, seja em uma Eurocopa ou em uma Copa do Mundo", aposta.

Depois daquela Eurocopa de 2004, Portugal voltou a mostrar força ao avançar às semifinais da Copa de 2006, na Alemanha, onde acabou sendo eliminado pela França. Já na Eurocopa de 2008, os portugueses foram superados pela Alemanha nas quartas de final, quatro anos antes de caírem nos pênaltis diante da Espanha, nas semifinais da edição seguinte da competição.

"Esta será outra Eurocopa no currículo de minha carreira. Obviamente, estou feliz e me sinto privilegiado por ter podido participar de várias fases finais como aconteceu neste torneio", destacou Cristiano Ronaldo, certo de que poderá fazer Portugal mais uma vez ir longe na principal competição de seleções do Velho Continente.

Integrante do Grupo F desta Eurocopa, a seleção lusa irá estrear contra a Islândia, na próxima terça-feira, em Saint-Étienne. No mesmo dia, Áustria e Hungria se enfrentam no outro confronto da primeira rodada desta chave.