27°
Máx
13°
Min

Ao assumir a Bélgica, Martinez diz que espera dar mentalidade vencedora à seleção

Foto: marca.com - Martinez espera dar mentalidade vencedora à seleção da Bélgica
Foto: marca.com

Anunciado oficialmente na última quarta-feira como novo técnico da Bélgica, Roberto Martinez foi apresentado nesta quinta e, ao assumir o cargo, ressaltou a importância de conseguir implantar na seleção do país uma mentalidade vencedora. Ele destaca que incutir essa mentalidade na cabeça de jogadores jovens e talentosos é fundamental para que os mesmos aprendam a conviver com o peso do próprio favoritismo em algumas partidas importantes na busca por títulos.

Aos 43 anos de idade, o ex-técnico do Everton afirmou, em sua apresentação oficial em Bruxelas, "que a coisa mais difícil é vencer quando esperam que você vença". No início do mês passado, com o status de vice-líderes do ranking da Fifa, os belgas não suportaram o peso do favoritismo nas quartas de final da Eurocopa e acabaram eliminados pelo País de Gales, na França, onde acabaram derrotados por 3 a 1 pela equipe de Gareth Bale.

E Martinez comemorou nesta quinta-feira a chance que ganhou de assumir o comando de uma seleção que qualifica como "uma das melhores do mundo", assim como destacou que a "Bélgica será favorita na maioria dos jogos que disputar".

O treinador, entretanto, admite que é preciso saber traduzir esse teórico favoritismo em vitórias e títulos dentro de campo. "Todo mundo respeita a Bélgica, que é um dos melhores times do mundo. É uma geração de ouro? Devemos trabalhar para que este seja o caso", enfatizou.

Com a missão de fazer a Bélgica uma seleção vencedora, Martinez irá comandar o país pela primeira vez em uma partida oficial no dia 6 de setembro, contra o Chipre, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, que será realizada na Rússia.

O treinador espanhol foi escolhido para o cargo para substituir Marc Wilmots, demitido após a última Eurocopa. Ex-volante de clubes medianos do futebol europeu, como Zaragoza e Swansea, ele iniciou a carreira como técnico em 2007 - pelo próprio Swansea. Depois de uma passagem pelo Wigan, chegou ao Everton em 2013 e lá permaneceu até a última temporada europeia.

Pesou, por sinal, para Martinez assumir o comando da seleção belga o fato de ter comandado no Everton uma série de jogadores que poderá convocar para a seleção, como Romelu Lukaku, Kevin Mirallas e Marouane Fellaini.