22°
Máx
16°
Min

Após 29 anos, Ryan Giggs anuncia saída do Manchester United

Após 29 anos, Ryan Giggs confirmou neste sábado sua saída do Manchester United. O ex-jogador é um dos maiores ícones da história do clube inglês, pelo qual jogou 963 partidas e conquistou incríveis 34 títulos, sendo 13 troféus do Campeonato Inglês e dois da Liga dos Campeões e um Mundial de Clubes.

Giggs, de 42 anos, vinha atuando como auxiliar técnico do técnico Louis van Gaal nas últimas duas temporadas. Mas, com a chegada de José Mourinho, perdeu espaço. O treinador português vai contar com Rui Faria, auxiliar que lhe acompanha nos clubes que comanda. Giggs ainda atuou como jogador e técnico ao mesmo tempo, logo após a demissão de David Moyes.

"É uma decisão imensa para mim: deixar o clube que foi a minha vida desde que eu tenho 14 anos. Não foi algo decidido facilmente. Levarei muitas memórias especiais e experiências que, espero, sirvam para o meu futuro", declarou Giggs, que agora vai buscar a meta de se tornar treinador.

"Depois de 29 temporadas no Manchester United, como jogador e auxiliar técnico, eu sei que vencer está no DNA deste clube. É saudável ter alta expectativa. É certo buscar a vitória. Manchester United espera, merece nada menos que isso", disse Giggs. "No entanto, o tempo parece certo para mim e, embora eu não tenha uma negociação imediata para me tornar técnico, é onde eu quero chegar."

Jogador que mais disputou partidas com a camisa do Manchester, o ex-meia desejou boa sorte a José Mourinho, que acabou de assumir o comando do time. "Quero parabenizar José Mourinho por ganhar a chance de se tornar técnico do maior clube do mundo. Apenas alguns são vitoriosos no mais alto nível e Mourinho é um deles", elogiou.