28°
Máx
17°
Min

Após acerto com City, Cuca comemora fim das especulações com Jesus

O técnico Cuca comemorou o fim das especulações e o acerto de Gabriel Jesus com o Manchester City. Falta apenas a assinatura de contrato, mas os clubes já entraram em acordo e o atacante se apresenta ao novo clube em janeiro. Para o treinador, o fim das negociações fará com que o atacante fique mais focado e aproveite melhor os últimos meses no clube.

"Fica melhor, sim. Ele, já sabendo da situação dele, vai desfrutar esse período que vai ficar com a gente. Ele tem a situação praticamente resolvida. A cabeça dele está na Olimpíada e até o fim do ano tem o compromisso com o Palmeiras. Que ele tenha sorte, um grande futuro, mas temos de pensar no presente. É hoje na seleção e, num futuro próximo, aqui no Palmeiras", disse o comandante palmeirense nesta sexta-feira.

Outro jogador que esteve envolvido em transações é o zagueiro Vitor Hugo. Ele foi sondado pela Juventus e Fiorentina, mas ficará no clube. Na quinta-feira, Cuca teve uma conversa reservada com o defensor e lhe deu alguns conselhos, como fez com Jesus antes dele ir para a seleção brasileira olímpica.

"Temos de conversar com os jogadores na maior transparência e clareza possível. Se não for, mais tarde o próprio profissional te cobra. Temos de ser honestos. Ontem conversei com o Vitor Hugo, que também teve sondagem. É um menino que veio do América-MG e está vivendo seu um ano e meio do Palmeiras, tendo a oportunidade de ir para a Europa e às vezes deslumbra, pensa que é a chance da vida. Se você é campeão brasileiro, de repente ela vem de outra forma, muito mais firme", explicou o treinador.

TREINO - Cuca comandou um treino fechado nesta sexta-feira e não quis adiantar quem joga no lugar de Tchê Tchê. O meia Moisés, recuperado de lesão, pode entrar. Na frente, o técnico disse que novamente pensa em escalar um centroavante, que poderia ser Barrios ou Leandro Pereira. Caso opte por uma referência na área, Erik deixaria a equipe.

O Palmeiras deve ir a campo neste domingo diante do Botafogo, no Estádio Luso Brasileiro, com: Vagner; Jean, Edu Dracena, Vitor Hugo e Zé Roberto; Thiago Santos, Moisés (Matheus Sales) e Cleiton Xavier; Róger Guedes, Dudu e Erik (Barrios ou Leandro Pereira).