21°
Máx
17°
Min

Após confirmação de presidente da Fifa, Del Nero vai a Chapecó para velório

(Foto: Divulgação) - Após confirmação de presidente da Fifa, Del Nero vai a Chapecó
(Foto: Divulgação)

PEDRO IVO ALMEIDA

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - Marco Polo Del Nero, enfim, estará presente aos desdobramentos da tragédia envolvendo o avião que levava a delegação da Chapecoense, políticos e jornalistas para a final da Copa Sul-Americana, em Medellín, na Colômbia. Após alguns dias de reclusão e limitado se pronunciar por a notas oficiais, o presidente da CBF irá a Chapecó (SC) para o velório das vítimas do acidente aéreo.

Em dúvida sobre a participação presencial nas homenagens, o cartola decidiu sua ida à Arena Condá após a confirmação da presença do presidente da Fifa, Gianni Infantino, à cerimônia.

Del Nero ainda não definiu a data exata da ida à Santa Catarina. De acordo com seus assessores pessoais, ele está "aguardando para definir sua agenda de acordo com a chegada de Infantino". O velório na Arena Condá deverá ser realizado no próximo sábado (3).

O acidente ocorreu na última terça-feira (29), próximo a Medellín. Das 77 pessoas que embarcaram na aeronave, 71 morreram. Os seis sobreviventes recebem assistência médica na Colômbia. São eles os jogadores Alan Ruschel, Neto e Follmann, o jornalista Rafael Henzel e os tripulantes Ximena Suárez e Erwin Tumiri.

A Fifa anunciou nesta quinta (1) que todos os jogos de futebol do final de semana respeitarão um minuto de silêncio e terão os jogadores com braçadeiras de luto pela tragédia da Chapecoense.