23°
Máx
12°
Min

Após longa negociação, Atlético-MG se reforça com o atacante Clayton

 (Foto: Luiz Henrique/Figueirense FC) - Após longa negociação, Atlético-MG se reforça com o atacante Clayton
(Foto: Luiz Henrique/Figueirense FC)

A longa negociação do Atlético Mineiro para contratar o atacante Clayton teve um final feliz. O presidente do Figueirense, Wilfredo Billinger, confirmou que acertou a venda da revelação ao clube de Belo Horizonte, que venceu a concorrência de outras equipes, como o Corinthians, após uma reunião em Florianópolis, na noite de segunda-feira.

"Foi uma negociação longa, de quase oito horas. Chegamos a um bom termo. Eu não fiz leilão, o Daniel (Nepomuceno) foi o primeiro presidente a nos procurar e disse que daria preferência para o Atlético e depois estipulei um valor. Ficou bom para todo mundo", disse o dirigente em entrevista ao site do radialista Polidoro Júnior. "Ele não joga mais pelo Figueirense, é jogador do Atlético".

Os detalhes financeiros da transação não foram revelados por Billinger ou Daniel Nepomuceno, presidente do Atlético-MG, que também evitou revelar se algum jogador será cedido ao Figueirense como parte da negociação. "Está vindo mais um reforço de peso, que vai encaixar no time do Atlético", disse Nepomuceno. "Vou ajudar o Figueirense no que o time precisar", acrescentou.

Clayton, de 20 anos, foi formado nas divisões de base do Figueirense, mas o clube possui apenas 10% dos seus direitos econômicos. A participação restante fica dividida entre Alliance, empresa de Brillinger, com 30%, BMG, com 10%, Eduardo Uram, com 20%, o pai de Clayton, com 15%, e Jorge Machado, com 15%. Apenas as partes do clube, da Alliance e do BMG estão sendo negociadas, em transação que supera os 3 milhões de euros.

O novo reforço do Atlético-MG se destacou no último Campeonato Brasileiro pelo Figueirense, o que despertou o interesse de vários dos principais times do futebol nacional. E mesmo com as negociações, ele vinha tendo um bom início de temporada, com quatro gols marcados em seis partidas.

Clayton é o sexto jogador contratado pelo Atlético-MG para a temporada 2016. Antes, chegaram ao clube o zagueiro Erazo, o volante Junior Urso, o meia Cazares e os atacantes Hyuri e Robinho.

O novo reforço, porém, não poderá disputar a fase de grupos da Copa Libertadores, pois o período de inscrições já foi encerrado. Assim, só vai defender o time no Campeonato Mineiro e na sequência do torneio continental, desde que o Atlético-MG avance às oitavas de final.