22°
Máx
14°
Min

Após ouvir seguidas negativas, Corinthians contrata técnico Cristóvão Borges

Após ouvir seguidas negativas em suas tentativas de achar um substituto para Tite, a diretoria do Corinthians anunciou neste domingo a contratação do técnico Cristóvão Borges. O treinador de 57 anos estava sem clube desde março, quando deixou o Atlético-PR, e assinou contrato até o fim do próximo ano. Será apresentado oficialmente nesta segunda-feira. Na tarde deste domingo, ele acompanhará das tribunas do Itaquerão o jogo contra o Botafogo, às 16 horas.

A diretoria chegou ao nome de Borges nestes últimos dias, após contato com empresários do treinador. Na reunião realizada no sábado, Borges foi cogitado entre outros nomes, como Vagner Mancini e Oswaldo de Oliveira. Os dirigentes optaram por Borges e ouviram dele um sinal positivo para iniciar a negociação, fechada somente neste domingo, em São Paulo.

O novo treinador deve assumir o time no início da semana e comandará o Corinthians pela primeira vez na partida contra o Atlético Mineiro, quarta-feira, no Independência, em Belo Horizonte, pela 10ª rodada do Brasileirão. Borges terá a dura missão de substituir o vitorioso Tite, que deve ser oficializado pela CBF nos próximos dias como o novo treinador da seleção brasileira.

A saída de Tite pegou a diretoria de surpresa. O presidente Roberto de Andrade chegou a criticar publicamente a CBF, a quem acusou de atuar de forma "sorrateira" na negociação com Tite. Surpreendido, o mandatário precisou atuar rapidamente para encontrar um substituto e encontrou dificuldades para contratar um novo treinador.

A contratação, assim, encerra dias de expectativa da torcida. O clube procurou Sylvinho, auxiliar da Inter de Milão, e empresários procuraram Roger Machado, do Grêmio. O time paulista ouviu negativas também de Eduardo Baptista e Fernando Diniz.

Após não conseguir fechar com esses nomes e descartar um estrangeiro, a diretoria buscou Cristóvão Borges. Como jogador, atuou como volante no Corinthians em 1986, além de passagem pela seleção brasileira. Começou a carreira de técnico em 2011, no Vasco, quando era auxiliar de Ricardo Gomes e precisou substituí-lo após um AVC. Logo no primeiro trabalho levou o time ao vice-campeonato brasileiro.

Como treinador passou por times como Bahia, Fluminense, Flamengo e Atlético-PR, o seu último trabalho. O primeiro dia de Borges no comando do Corinthians deve ser na segunda-feira, quando o técnico deve conceder entrevista coletiva logo após o treino na parte da manhã. Desde a saída de Tite a equipe foi comandada pelo auxiliar técnico, Fábio Carille.