26°
Máx
19°
Min

Após quase 11 meses fora, Gundogan volta a ser convocado para a seleção alemã

Depois de quase 11 meses fora da seleção alemã, Ilkay Gundogan voltou a ser convocado para o time nacional, nesta sexta-feira, ao ser incluído na lista preparada pelo técnico Joachim Löw para os dois próximos jogos das Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo de 2018, contra República Checa, em Hamburgo, no dia 8 de outubro, e contra a Irlanda do Norte, no dia 11, em Hannover.

O volante do Manchester City atuou pela última vez pela seleção alemã em amistoso contra a França, no dia 13 de novembro do ano passado, em Paris, na fatídica noite em que a capital francesa foi atingida por uma série de ataques terroristas que deixaram 130 mortos.

Gundogan já foi atrapalhado por várias lesões e problemas físicos em sua carreira e, por causa de um deles, acabou desfalcando a Alemanha na última edição da Eurocopa, disputada entre 10 de junho e 10 de julho, na França. Naquela ocasião, ele deslocou a rótula do seu joelho durante um treinamento do Borussia Dortmund, então o seu clube antes de ser contratado pelo Manchester City para esta temporada europeia.

11

Antes disso, em outro duro golpe para a sua carreira, o volante já havia ficado fora da Copa do Mundo de 2014, no Brasil, por causa de um problema na coluna cervical.

Além de Gundogan, o atacante Mario Gomez e o defensor Jerome Boateng voltaram a ser convocados nesta sexta-feira depois de terem se recuperado de lesões sofridas na última Eurocopa, na qual a Alemanha acabou eliminada pela França nas semifinais.

Atual campeã do mundo, a Alemanha abriu a sua campanha nas Eliminatórias para o Mundial de 2018 vencendo a Noruega por 3 a 0, fora de casa. Os alemães integram o Grupo C do qualificatório europeu e agora terão a chance de jogar por duas vezes seguidas ao lado de seus torcedores para embalar na chave.

"Esse dois jogos em casa são muito importantes para nós. Nós começamos bem na Noruega e queremos vencer os dois próximos jogos e manter a liderança no nosso grupo", ressaltou Löw na entrevista coletiva que concedeu nesta sexta.

Após caírem cedo na última Eurocopa, a República Checa, próxima adversária da Alemanha, tenta se reerguer sob o comando do novo técnico Karel Jarolim. Na estreia nas Eliminatórias, os checos empatam por 0 a 0 com a Irlanda do Norte, que na competição continental realizada em solo francês foi superada por 1 a 0 pelos alemães.

Confira a lista de convocados da Alemanha:

Goleiros - Manuel Neuer (Bayern de Munique), Bernd Leno (Bayer Leverkusen) e Marc-Andre ter Stegen (Barcelona).

Defensores - Jerome Boateng (Bayern de Munique), Jonas Hector (Colônia), Benedikt

Hoewedes (Schalke 04), Mats Hummels (Bayern de Munique), Joshua Kimmich (Bayern de

Munique), Shkodran Mustafi (Arsenal) e Sebastian Rudy (Hoffenheim).

Meio-campistas - Julian Brandt (Bayer Leverkusen), Julian Draxler (Wolfsburg), Ilkay Gundogan (Manchester City), Sami Khedira (Juventus), Toni Kroos (Real Madrid), Max Meyer (Schalke 04), Thomas Müller (Bayern de Munique), Mesut Özil (Arsenal) e Julian Weigl (Borussia Dortmund).

Atacantes - Mario Gomez (Wolfsburg), Mario Götze (Borussia Dortmund) e Kevin

Volland (Bayer Leverkusen).

AP-WF-09-30-16 1204GMT<