28°
Máx
17°
Min

Após vitória no Recife, André Jardine ganha força para ser efetivado no São Paulo

(Foto: Divulgação/São Paulo) - André Jardine ganha força para ser efetivado no São Paulo
(Foto: Divulgação/São Paulo)

Após o bom desempenho do São Paulo na partida contra o Santa Cruz, somada com a vitória por 2 a 1, no Recife, e com a dificuldade para conseguir encontrar substitutos para o técnico argentino Edgardo Bauza, a possibilidade de efetivar André Jardine ganha força. A diretoria diz que o objetivo ainda é contratar um técnico, mas pessoas ligadas aos dirigentes acreditam que o atual interino pode tomar o mesmo rumo de Zé Ricardo no Flamengo.

O comandante flamenguista assumiu interinamente o cargo no clube rubro-negro no lugar de Muricy Ramalho, que deixou o clube por problemas de saúde. A diretoria procurou outras opções no mercado, mas os bons resultados obtidos com Zé Ricardo, que também era técnico do time sub-20, como Jardine, fez a diretoria efetivá-lo no cargo.

O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, mantém a postura de que a intenção é contratar um técnico o quanto antes e que este é brasileiro. O dirigente descarta a chegada de um estrangeiro, por causa da adaptação. "Ele precisaria de uns 20 ou 30 dias para conhecer tudo e não temos esse tempo", justificou.

O clube tem recebido diversas indicações, mas nenhum nome ainda agradou aos dirigentes. O último comentado no clube é o de Paulo Roberto Falcão, demitido do Internacional nesta segunda-feira. Mas, até o momento, não houve qualquer contato entre as partes. Vanderlei Luxemburgo, Abel Braga e Paulo Bento (que é português) também já foram comentados no clube, mas a diretoria não confirma contatos com eles.