21°
Máx
17°
Min

Arsenal e West Ham empatam em movimentado clássico de seis gols no Inglês

West Ham e Arsenal fizeram um grande clássico londrino neste sábado, na abertura de mais uma rodada do Campeonato Inglês. Fora de casa, os comandados de Arsène Wenger marcaram duas vezes no primeiro tempo, viram Andy Carroll virar com três gols, mas tiveram forças para buscar o empate por 3 a 3, que acabou não sendo bom para nenhum dos lados.

O resultado praticamente acabou com qualquer sonho de título do Arsenal, que está na terceira colocação do Inglês a dez pontos do líder Leicester - 69 a 59. Na próxima rodada, dia 17, o time londrino encara o Crystal Palace em casa. Já o West Ham chegou a 52 pontos na sexta colocação e perdeu a chance de entrar na zona de classificação para a Liga dos Campeões. Também dia 17, terá a dura missão de encarar justamente o Leicester, fora de casa.

Mesmo atuando fora de casa, o Arsenal começou melhor neste sábado, foi para cima e não demorou muito para abrir o placar. Aos 17 minutos, Iwobi teve liberdade pelo meio e encontrou Özil na área. O alemão recebeu e teve tranquilidade para tocar na saída do goleiro.

Iwobi era a surpresa do Arsenal no ataque e encontrava bastante liberdade para trabalhar. Até que aos 34 minutos, ele praticamente repetiu o lance do primeiro gol, novamente com sucesso. Outra vez o jogador recebeu livre pelo meio e deu ótimo passe nas costas da zaga para Sánchez, que teve tempo de dominar e bater no canto esquerdo.

O jogo parecia controlado pelo Arsenal, mas aos poucos Andy Carroll mostrou que estava disposto a fazer o West Ham reagir. Ele obrigou Ospina a fazer boa defesa em chute de fora da área aos 38 minutos. E aos 43, diminuiu a desvantagem. Cresswell cruzou da esquerda e o grandalhão desviou de cabeça, desta vez sem chance para o goleiro colombiano.

Carroll estava impossível e somente três minutos depois, apareceu de novo. Aos 46, Noble recolocou a bola na área após cobrança de escanteio, o atacante do West Ham dominou e bateu. A bola tocou na defesa e voltou para ele mesmo virar um belo voleio e marcar o gol de empate.

Empolgado, o West Ham voltou melhor para o segundo tempo e só não virou aos quatro minutos porque o árbitro viu falta duvidosa em Koscielny em lance que Payet finalizou para a rede. Mas aos seis, não teve jeito, Carroll deixou sua marca mais uma vez. Antonio ganhou de Monreal pela direita, foi à linha de fundo e cruzou na cabeça do centroavante, que testou firme.

A virada deixou o Arsenal atônito, mas aos poucos o time foi se recuperando. Aos 22 minutos, Monreal aproveitou sobra na entrada da área e encheu o pé. A bola passou por Adrián e Lanzini tirou em cima da linha. Mas aos 24, Koscielny selou o empate. Após jogada confusa pela direita, Özil cruzou para trás, Welbeck não conseguiu dominar e a sobra ficou para Koscielny, que bateu de primeira e acertou o ângulo.