24°
Máx
17°
Min

Arsenal leva gol no início e arranca empate com o PSG na França

No duelo entre os dois favoritos a avançar no Grupo A da Liga dos Campeões da Europa, deu empate. Nesta terça-feira, Paris Saint-Germain e Arsenal, que ainda buscam o primeiro título do torneio continental, ficaram no 1 a 1, no Parque dos Príncipes, na estreia na competição.

O Paris Saint-Germain começou a partida com três brasileiros entre os titulares - Marquinhos, Thiago Silva e Maxwell - e ainda promoveu a entrada de Thiago Motta, que se naturalizou italiano, no segundo tempo.

Mas as principais novidades nas escalações dos times estiveram nos gols, com as presenças de Aréola no time francês e de Ospina na equipe londrina, em detrimento de Petr Cech. E a primeira ação do colombiano nesta terça-feira foi buscar a bola no fundo das suas redes.

Atuando em casa, o Paris Saint-Germain ficou em vantagem logo no minuto inicial. E seu gol foi marcado pelo uruguaio Cavani, que aproveitou cruzamento da direita de Aurier para cabecear para as redes, abrindo o placar do duelo e marcando o primeiro gol da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Liderado pela boa atuação de Di María, o PSG seguiu superior na partida, sendo pouco ameaçado pelo Arsenal. E o time francês teve boas chances de ampliar o marcador no decorrer da etapa inicial. Duas delas, aliás, foram com Cavani. Mas o uruguaio não teve a mesma precisão da sua primeira finalização.

Aos 34 minutos, Monreal lhe deu um presente ao cortar mal um passe de Verrati. O uruguaio, então, driblou o goleiro Ospina, mas perdeu o equilíbrio e finalizou para fora. Logo depois, aos 42, ele foi lançado por Di María na grande área, mas perdeu o controle da bola, não conseguindo nem finalizar.

A etapa final foi mais equilibrada, com o Arsenal conseguindo se lançar mais ao ataque, para buscar o empate. O PSG também seguiu sendo bastante perigoso, mas desperdiçando chances, como aos 24 minutos, quando Cavani parou em Ospina, e aos 26, quando o colombiano se recuperou de um erro para defender a finalização de Di María, que havia aplicado um chapéu de Xhaka.

Essas chances perdidas cobraram seu preço ao PSG aos 33 minutos, quando Alexis Sánchez empatou o duelo. Na jogada, Alphonse Aréola deu rebote na finalização de Iwobi, que havia recebido cruzamento de Özil, mas não conseguiu defender o chute forte do atacante francês.

O jogo, então, ficou franco e também nervoso. Cavani desperdiçou chance de recolocar o PSG em vantagem ao parar no desarme de Ospina, aos 35. Logo depois, Aréola defendeu nova finalização de Iwobi.

No último lance, já com os dois times com dez jogadores - Verrati e Giroud foram expulsos pouco antes após se estranharem - Marquinhos chegou atrasado após cobrança de escanteio, perdendo a chance de dar a vitória ao PSG.

No outro jogo do dia pelo Grupo A, na Suíça, o Basel não passou de um empate por 1 a 1 com o Ludogorets. Com passagem apagada pelo São Paulo, o brasileiro Jonathan Cafu abriu o placar para o time búlgaro aos 45 minutos do primeiro tempo. Renato Steffen empatou o duelo aos 35 minutos da etapa final. Assim, a primeira rodada da chave terminou com os quatro times empatados com um ponto.