23°
Máx
12°
Min

Assessor da presidência do São Paulo chama Michel Bastos de 'erva daninha'

(Foto: Divulgação/São Paulo) - Assessor da presidência do São Paulo chama Michel Bastos de 'erva daninha'
(Foto: Divulgação/São Paulo)

A derrota do São Paulo para o The Strongest, da Bolívia, por 1 a 0, nesta quarta-feira, pela Copa Libertadores, motivou críticas internas. O assessor da presidência do clube, Rodrigo Gaspar, usou o Twitter para atacar atletas do time, como o meia Michel Bastos, chamado de "erva daninha", e o zagueiro Rodrigo Caio, a quem classificou de "jogador de condomínio".

Gaspar escreveu as mensagens logo após a derrota, em jogo válido pela primeira rodada da fase de grupos da Libertadores. O assessor apagou o conteúdo depois. "Comentar de cabeça quente pode ser injusto, mas às vezes esclarece", afirmou na rede social. O resultado, considerado uma surpresa pelos próprios são-paulinos, deixou o time em situação difícil no grupo e deu ao The Strongest a primeira vitória fora da Bolívia pela Libertadores nos últimos 35 anos.

Nas postagens, Gaspar fez ataques duros a alguns integrantes do elenco. "Erva daninha deve ser cortada pela raiz. Michel Bastos e Milton Cruz fazem mal ao clube", escreveu. "Centurión é uma piada. Horroroso. A bola bate em suas pernas", acrescentou.

Em outra mensagem, atacou o zagueiro Rodrigo Caio, titular do time em todas as partidas nesta temporada. "Rodrigo Caio é jogador de condomínio. Bonzinho, mas fraco. Fraco de futebol e personalidade", completou. O único atleta a ganhar elogios foi o volante Hudson.

A assessoria de imprensa do São Paulo confirmou o cargo de Gaspar na diretoria do presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, e explicou que os comentário dele não refletem o pensamento do clube do Morumbi.