23°
Máx
12°
Min

Atlético de Madrid vence, assume topo provisório e aumenta pressão sobre o Barça

O Atlético de Madrid não teve facilidade, mas fez o dever de casa ao vencer o Málaga por 1 a 0, neste sábado, no Vicente Calderón, e assumir a liderança provisória do Campeonato Espanhol. E o resultado aumentou ainda mais a pressão sobre o Barcelona, que nesta 35ª rodada atua ainda neste sábado, contra o Sporting Gijón, no Camp Nou, precisando ganhar para reassumir o topo.

O triunfo levou o Atlético aos 82 pontos, contra 79 do Barça, sendo que horas mais cedo, no primeiro jogo deste sábado pelo Espanhol, o Real Madrid derrotou o Rayo Vallecano por 3 a 2, fora de casa, e chegou aos 81 pontos. Desta forma, a equipe dirigida por Zidane ocupa provisoriamente a vice-liderança e também colocou pressão sobre o seu arquirrival da Catalunha.

Já o Málaga, que deu muito trabalho neste sábado como visitante, estacionou nos 42 pontos e ocupa a décima posição. Logo atrás da equipe, porém, estão Real Sociedad, Eibar e Betis, todos com 41 pontos e que ainda jogarão no complemento desta rodada.

O único gol da vitória do Atlético neste sábado foi marcado por Angel Correa, aos 17 minutos do segundo tempo. Cinco minutos antes, ele havia entrado em campo no lugar de Carrasco e acertou forte chute de fora da área para superar o goleiro mexicano Ochoa.

Antes de sair na frente no placar, o Atlético teve o técnico Diego Simeone expulso pelo árbitro no finalzinho do primeiro tempo após um lance polêmico. Durante rápido contra-ataque do Málaga pela esquerda, uma bola foi atirada do banco da equipe madrilenha ao gramado. E o juiz, mesmo sem ter visto se a mesma foi lançada a campo pelo treinador, exibiu o cartão vermelho ao comandante.

A primeira etapa do duelo, por sinal, foi de poucas emoções. Já no segundo tempo, os dois times conseguiram criar um pouco mais de oportunidades de gol e o Málaga chegou a assustar no final com um perigoso chute de fora da área, mas o Atlético conseguiu segurar o resultado.

Após cumprir sua missão no Espanhol, o time de Madri voltará a campo na próxima quarta-feira, quando enfrenta o Bayern de Munique, novamente em casa, no duelo de ida das semifinais da Liga dos Campeões. Já o Málaga só voltará a atuar no próximo dia 2 de maio, contra o Levante, em seus domínios, no fechamento da antepenúltima rodada do Espanhol.