23°
Máx
12°
Min

Atlético-MG perde a 1ª e adia classificação na Copa Libertadores

Foto: Bruno Cantini/ Clube Atlético Mineiro - Atlético-MG perde a 1ª e adia classificação na Copa Libertadores
Foto: Bruno Cantini/ Clube Atlético Mineiro

Em sua atuação mais irregular nesta Copa Libertadores, o Atlético Mineiro não resistiu ao Independiente Del Valle na noite desta quarta-feira e perdeu a invencibilidade na competição. Jogando no péssimo gramado do estádio Rumiñahui, em Sangolquí, o time brasileiro foi derrotado por 3 a 2 pelo rival equatoriano.

Com o tropeço, o Atlético adiou sua classificação às oitavas de final. A equipe mineira só precisava de um empate nesta noite para assegurar a vaga por antecipação. Agora, terá que esperar até o duelo com o Melgar, na quinta-feira da próxima semana, em casa, pela última rodada do Grupo 5.

Apesar da derrota, o Atlético segue na ponta da chave, com seus dez pontos. O Del Valle tem a mesma pontuação, mas desvantagem nos critérios de desempate. Com remotas chances de classificação, o Colo-Colo tem cinco e o lanterna Melgar ainda não pontuou, sem qualquer possibilidade de avançar ao mata-mata.

O duelo desta quarta foi marcado pelo desempenho apático dos atleticanos, sem o brilho de Cazares e Robinho. Lucas Pratto também esteve apagado, mas deixou sua marca. O zagueiro Erazo e o goleiro Uilson, substituto de Victor e Giovanni, ambos lesionados, falharam na defesa.

O JOGO - Uma atuação apática e certa falta de sorte custaram ao Atlético três gols somente nos primeiros 45 minutos da partida desta quarta. A sorte brilhou para o Del Valle logo aos 5 minutos, quando Cabezas tentou cruzamento despretensioso na área. A bola desviou em Marcos Rocha, subiu e venceu o goleiro Uilson, surpreendido.

Três minutos depois, o mesmo Cabezas quase marcou o segundo. Em forte chute, acertou o travessão. Parecia o início de uma pressão que poderia aproveitar a surpresa do primeiro gol para abalar o time atleticano. Mas, no minuto seguinte, Cazares acertou bom passe para Júnior Urso invadir a área e finalizar para o gol: 1 a 1.

Mas o empate não trouxe o time brasileiro de volta ao jogo. Em ritmo mais lento, o Atlético jogava aquém do esperado. Cazares, maior motor do meio-campo, estava apagado. Robinho era discreto e Lucas Pratto praticamente não era acionado. Para piorar, a defesa também hesitava.

E, numa falha de Uilson, Sornoza colocou o Del Valle novamente em vantagem no placar. O goleiro se posicionou mal debaixo das traves e o jogador equatoriano cobrou falta direto para as redes.

O terceiro gol dos anfitriões também surgiu em falha atleticana. Erazo, com atuação para esquecer, nem viu a sombra de Julio Angulo, que disparou pela direita e cruzou na área. No meio do caminho, Leonardo Silva acertou a mão na bola. Sornoza converteu a penalidade aos 39 minutos, anotando seu segundo gol na partida.

O Atlético só conseguiu levar perigo, depois do seu gol, aos 34, em cobrança de falta de Cazares. Foi o único susto que o goleiro Azcona levou na etapa inicial. Diante desta dificuldade, o técnico Diego Aguirre começou o segundo tempo com Leandro Donizete na vaga de Cazares. Depois, trocou Robinho por Carlos Cesar.

Antes de as mudanças surtirem qualquer efeito, o Atlético enfim contou com a sorte nesta noite. Logo aos 2 minutos, Mina tocou a bola com a mão dentro da área. Lucas Pratto bateu bem e diminuiu a vantagem dos anfitriões no placar.

Novamente, o gol atleticano não alterou o ritmo do jogo. O Del Valle seguia melhor, ao menos até a metade final da segunda etapa, quando o time brasileiro esboçou pressão. Somente aos 36 e aos 38 o goleiro Azcona precisou trabalhar para defender finalizações perigosas de Douglas Santos e Leonardo Silva, que é desfalque certo para o próximo jogo, por levar o terceiro cartão amarelo nesta quarta.

FICHA TÉCNICA:

INDEPENDIENTE DEL VALLE 3 x 2 ATLÉTICO-MG

INDEPENDIENTE DEL VALLE - Azcona; Núñez, Mina, Caiceco, Ayala; Rizotto, Orejuela, Sornoza (Uchuari); Jacson Pita (José Angulo), Julio Angulo (Tellechea) e Bryan Cabezas. Técnico: Pablo Repetto.

ATLÉTICO-MG - Uilson; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Erazo, Douglas Santos (Lucas Cândido); Rafael Carioca, Júnior Urso, Cazares (Leandro Donizete); Luan, Robinho (Carlos Cesar) e Lucas Pratto. Técnico: Diego Aguirre.

GOLS - Cabezas, aos 5, Júnior Urso, aos 9, e Sornoza, aos 20 e aos 39 (pênalti) minutos do primeiro tempo. Lucas Pratto (pênalti), aos 3 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Robinho, Erazo, Leonardo Silva.

ÁRBITRO - Dario Herrera (Argentina).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Rumiñahui, em Sangolquí (Equador).