21°
Máx
17°
Min

Atlético-PR empata com o Foz do Iguaçu em casa

(Foto: Divulgação/Atlético-PR) - Atlético-PR empata com o Foz do Iguaçu em casa
(Foto: Divulgação/Atlético-PR)

O Atlético-PR empatou com o Foz do Iguaçu nesta quinta-feira, em um jogo atrasado da 6ª rodada do Campeonato Paranaense de 2016. Com o resultado, o Furacão permanece na terceira posição, mas pode cair para a quinta colocação e ser superado pelo próprio Foz, se perder para o Londrina, no próximo domingo (6), na casa do adversário.  Já o Foz sobe duas posições e ocupa a 5ª colocação.

O jogo começou com pressão do Atlético, que não conseguia, no entanto, chegar ao gol do time da fronteira. A primeira chance só aconteceu aos 21 minutos, quando o atacante Anderson Lopes chutou perto da trave do goleiro Ney.

O jogo continuou com poucas chances até os últimos minutos do primeiro tempo, quando, aos 45 minutos, Anderson Lopes empurrou de cabeça para as redes. O gol, no entanto, não valeu porque o jogador atleticano estava impedido.

O gol do Furacão só saiu no segundo tempo. Aos 13 minutos, o volante Deivid chutou de longe e o goleiro Ney aceitou. A alegria atleticana, entretanto, durou bem pouco. Dois minutos depois, o Foz do Iguaçu empatou quando Safirinha recebeu um cruzamento e empurrou de cabeça para o gol Rubro-Negro.

Depois do empate, o Atlético-PR foi para cima. Aos 24 minutos, André Lima caiu na área, mas o árbitro nada marcou. Mesmo com a pressão, o Furacão não conseguiu chegar ao gol da vitória. O Foz teve ainda um jogador expulso aos 40 minutos do segundo tempo. O lateral Daniel retardou o jogo, levou cartão amarelo, voltou a atrasar a saída da bola e levou o cartão vermelho.

O time da casa saiu vaiado pela torcida. O técnico Cristóvão Borges foi vaiado e chegou a ser chamado de burro durante o jogo. O Foz comemorou o empate que fez com que o time pulasse duas posições na tabela de classificação. O próximo adversário do time da fronteira é o Rio Branco de Paranaguá, em Foz do Iguaçu, no próximo domingo, às 16h.