22°
Máx
14°
Min

Atlético-PR perde por 1 x 0 e Fluminense se consagra campeão da Primeira Liga

O Atlético-PR ficou com o vice-campeonato da primeira edição da Copa da Primeira Liga. O único gol da partida, marcado por Marcos Junior no segundo tempo, garantiu o título inédito para o Fluminense. O jogo foi disputado nesta quarta-feira (20), em Juiz de Fora, no interior de Minas Gerais.

A partida começou com o domínio da equipe carioca. A chance mais clara veio aos 26 minutos do primeiro tempo, quando Eduardo Scarpa fez um lançamento para Osvaldo. O meia recebeu de costas e tentou emendar uma bicicleta, com o goleiro Weverton já adiantado. No entanto, a bola subiu muito e saiu pela linha de fundo.

No entanto, o Furacão conseguiu equilibrar e até dominar a partida no final da primeira etapa. Foi neste período que o Rubro-Negro quase abriu o marcador. Nikão recebeu um lançamento de Walter e tentou bater no gol. A bola bateu na defesa e sobrou para Vinícius, que aproveitou e chutou contra o gol de Cavalieri, acertando em cheio no travessão.

No segundo tempo, o jogo esfriou. A partida se concentrou no meio de campo e teve poucas chances claras de gol. Mas aos 35 minutos, isso mudou. O zagueiro atleticano Paulo André cortou mal de cabeça um lançamento para o atacante Magno Alves. O jogador tricolor dominou a bola e lançou para Marcos Junior, que disparou e mandou para o gol rubro-negro, abrindo o placar em Juiz de Fora.

O Atlético-PR tentou empatar o jogo e até o goleiro Weverton foi para a área em um escanteio, no último lance da partida. No entanto, a zaga do Fluminense cortou e o árbitro apitou o final da partida. Com o resultado, o time das Laranjeiras se consagra o primeiro campeão da Copa da Primeira Liga.

Já o Furacão precisa esquecer a decepção e começar a preparação para o jogo decisivo diante do Paraná Clube, no próximo domingo (24), às 16h, diante do Paraná Clube, que vale a classificação para a final do Campeonato Paranaense. Como venceu por 2 x 1 no jogo da ida, a equipe rubro-negra pode se classificar com um empate. Se o Paraná vencer por 1 x 0, a decisão vai para os pênaltis. Uma derrota por mais gols elimina o time da Baixada.

Confira a avaliação do repórter Robson De Lazzari, da Rede Massa, que acompanhou a partida em Juiz  de Fora-MG, sobre o resultado do jogo: