24°
Máx
17°
Min

Aviões da FAB estão de prontidão em Manaus para prestar auxílio na Colômbia

(Foto: Bruno Alencastro / Estadão Conteúdo) - Aviões da FAB estão de prontidão para prestar auxílio na Colômbia
(Foto: Bruno Alencastro / Estadão Conteúdo)

Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) chegou a Manaus na noite de ontem vindo do aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro. A Aeronave C-130 Hércules está na base aérea da capital amazonense preparada para partir a qualquer momento para a cidade de Medellín, na Colômbia, para prestar auxílio aos sobreviventes e no transporte dos corpos das vítimas do acidente aéreo que matou 71 pessoas, entre elas, jogadores da Chapecoense e jornalistas. A FAB informou que ainda não há previsão de horário de partida da aeronave nem confirmação de qual será a missão.

O comandante do Sétimo Comando Aéreo Regional (VII Comar), brigadeiro Waldeísio Ferreira Campos, conversou com a imprensa ontem à noite e informou que a vinda da aeronave para Manaus ocorreu por motivos técnicos, como reabastecimento da aeronave, e também por uma questão de logística, devido à proximidade da cidade com o país vizinho.

Outro avião Hércules C-130 está de prontidão na capital amazonense, caso haja necessidade de reforço no resgate e traslado dos corpos das vítimas do acidente.

Ainda na noite de ontem, um avião C-99 também da Força Aérea, saiu de São Paulo, posou em Brasília e depois seguiu para o município amazonense de Tabatinga, que faz fronteira com a Colômbia, onde fez uma parada técnica para abastecimento. De lá, a aeronave partiu para Medellín levando representantes do governo brasileiro, de empresas de comunicação que têm funcionários envolvidos no acidente, o prefeito do município catarinense de Chapecó, Luciano Buligon, e homens da Polícia Federal.