26°
Máx
19°
Min

Bale e Ramsey brilham e Gales vence Eslováquia na estreia

(Foto: Divulgação/FAW) - Bale e Ramsey brilham e Gales vence Eslováquia na estreia
(Foto: Divulgação/FAW)

Ramsey e Bale, jogadores do Arsenal e do Real Madrid, respectivamente, conseguiram o feito de levar o País de Gales pela primeira vez à Eurocopa. Neste sábado, eles foram determinantes em mais um feito histórico dos galeses: a estreia em grandes competições com vitória por 2 a 1 sobre a Eslováquia, em Bordeaux. A partida abriu o Grupo B, que também tem Inglaterra e Rússia.

O jogo foi fraco tecnicamente, sonolento, com cara de segunda divisão. Reflexo da decisão da Uefa de aumentar de 16 para 24 o número de equipes na Eurocopa. O marasmo no primeiro tempo só foi interrompido pelo talento individual de Bale, que abriu o placar de falta aos 10 minutos. Na cobrança, encobriu a barreira e pegou o goleiro no contrapé.

Todos os quatro chutes a gol de Gales no jogo foram de Bale ou Ramsey. Continuou assim na segunda etapa, quando Bale cabeceou e Kozacik fez boa defesa, aos 10. Mas a Eslováquia contou com a estrela de Duda para empatar. O jogador entrou em campo substituindo Hrosovsky e marcou logo no primeiro lance, aos 16.

O jogo passou a ser franco, com as duas equipes atacando e a Eslováquia enfim mostrando capacidade de vencer. Só que Gales contava com os dois únicos jogadores relevantes na partida. Aos 35, numa jogada individual de Ramsey, a bola escapou e sobrou para Kanu, bateu para garantir a vitória.

FICHA TÉCNICA:

PAÍS DE GALES 2 X 1 ESLOVÁQUIA

PAÍS DE GALES - Danny Ward; Gunter, Chester, Ashley Williams, Ben Davies e Neil Taylor; Edwards (Joe Ledley), Allen, Aaron Ramsey (Jazz Richards), Jonathan Williams (Robson-Kanu); Gareth Bale. Técnico - Chris Coleman.

ESLOVÁQUIA - Kozacik; Pekarik, Skrtel, Durica e Svento; Mak, Kucka, Hrosovsky (Duda), Hamsik, Weiss (Stoch), Duris (Nemec). Técnico - Ján Kozák.

GOLS - Bale, aos 10 minutos do primeiro tempo; Duda, aos 16, e Robson-Kanu, aos 36 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Svein Oddvar Moen (Noruega).

CARTÕES AMARELOS - Skrtel, Weiss, Hrosovsky, Kucka e Mak (Eslováquia).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Stade de Bordeaux, em Bordeaux (França).