22°
Máx
17°
Min

Barça vira sobre Mönchengladbach e dispara na liderança; Manchester City tropeça

(Foto: Barcelona FC) - Barça vira sobre Mönchengladbach e dispara na liderança
(Foto: Barcelona FC)

Ainda sem poder contar com Lionel Messi, o Barcelona encarou um duro adversário na Liga dos Campeões, nesta quarta-feira, mas novamente passou no teste. Contra o Borussia Mönchengladbach, na Alemanha, o time catalão sofreu para vencer de virada, por 2 a 1, e despontou na liderança do Grupo C. Isso porque o Manchester City empatou com o Celtic, também fora de casa, e tropeçou pela primeira vez sob o comando do técnico Joseph Guardiola.

Com estes resultados, o Barcelona figura na primeira colocação da chave, com seis pontos - na estreia, aplicara 7 a 0 no Celtic. O City aparece em segundo, com quatro. O Celtic é o terceiro colocado, com um ponto. E o Mönchengladbach está em quarto e último lugar do grupo, ainda sem pontuar.

Nesta quarta, o técnico Luis Enrique escalou o ataque do Barcelona com Paco Alcácer na vaga do machucado Messi, formando trio com Neymar e Luis Suárez. No fim de semana, em rodada do Campeonato Espanhol, o treinador havia começado com Rafinha Alcântara no lugar do argentino. Alcácer entrara somente na segunda etapa, sem empolgar.

Mesmo assim, Luis Enrique deu nova chance ao reforço, que teve poucas chances na etapa inicial. Suárez concentrou as principais jogadas do Barcelona, melhor que o anfitrião no primeiro tempo. Quase sempre parava no goleiro Sommer.

Neymar e Rakitic também assustaram, mas foi o Borussia quem abriu o placar, aos 33. Em contra-ataque puxado pelo brasileiro Raffael, com passagem discreta pelo futebol nacional, Dahoud cruzou rasteiro e Thorgan Hazard, irmão de Eden Hazard (do Chelsea), só completou para as redes.

Para a segunda etapa, Luis Enrique trocou Alcácer por Rafinha e colocou Arda Turan na vaga de Rakitic. As mudanças deixaram o time catalão mais ofensivo e a virada foi questão de tempo.

Aos 20, Rafinha e Turan tiveram participação decisiva no gol de empate. O primeiro roubou a bola no meio-campo e iniciou jogada que passou por Busquets e Neymar antes da finalização de Turan. Oito minutos depois, o Barça buscou a virada com uma ajuda do goleiro Sommer. Após cobrança de escanteio, Suárez escorou e o goleiro local soltou a bola. Piqué aproveitou o rebote na pequena área e marcou o segundo.

GUARDIOLA PERDE O 100% NO CITY - Em Glasgow, Raheem Sterling teve dia de vilão e mocinho no Manchester City. O meia-atacante foi responsável por um dos gols do time inglês, mas também anotou um dos gols do rival escocês no empate por 3 a 3, na outra partida do Grupo C.

Empurrado pela torcida, o Celtic abriu placar logo aos 3 minutos. Moussa Dembele marcou um belo gol, de puxeta, ao receber dentro da área um passe da esquerda. Mas o brasileiro Fernandinho buscou a igualdade aos 12 minutos.

Aos 20, Sterling começou a fazer a diferença na partida ao mandar contra as próprias redes, colocando o Celtic novamente na frente. O meia precisou de oito minutos para se redimir. Aos 28, decretou novo empate no placar.

O segundo tempo começou do mesmo jeito que o primeiro: com gol de Dembele. Ele balançou as redes aos 2 minutos e deixou novamente os anfitriões em vantagem. Mas, mais uma vez, o time de Guardiola foi atrás da igualdade. Desta vez foi Nolito o responsável pelo empate, aos 10, decretando o empate no placar.

Com o resultado, Guardiola perdeu o aproveitamento de 100% desde que assumiu o time, antes do início da temporada. Até então, sob o comando do técnico, o City tinha registrado 10 vitórias em dez jogos, na Liga dos Campeões, no Campeonato Inglês e na Copa da Liga Inglesa.