26°
Máx
19°
Min

Barcelona acha impossível liberar Neymar para disputar Rio-2016 e Copa América

Se o técnico Dunga pensa em convocar Neymar para a disputa de dois torneios no meio do ano - os Jogos Olímpicos do Rio, em agosto, e a Copa América Centenário, em junho -, o Barcelona já avisou que considera impossível a liberação do atacante para ambos os campeonatos. Segundo Josep Maria Bartomeu, presidente do clube catalão, há somente a possibilidade do jogador atuar na Olimpíada.

"Será muito difícil convencer o Barcelona de Neymar disputar os dois torneios, creio que será impossível. Somos muito conscientes do que Neymar significa para o Brasil, do que significa a Copa América e também a Olimpíada. Nosso ponto de vista é que os jogadores têm de ter descanso, recuperação depois de longas temporadas", comentou Bartomeu, neste sábado, em entrevista a jornalistas brasileiros antes da partida entre Barcelona e Real Madrid, no Camp Nou, pelo Campeonato Espanhol.

O Barcelona não é obrigado pela Fifa a liberar jogadores maiores de 23 anos para os Jogos Olímpicos, mas a entidade exige a liberação para a Copa América Centenário. O clube catalão tenta trocar a presença do jogador em uma competição pela outra.

"Neymar deveria jogar um campeonato com o Brasil e creio que os Jogos Olímpicos sejam perfeitos. Entendo que será um orgulho para País ter um jogador como Neymar na Olimpíada do Rio. Como Rafinha também. Quero que nossos jogadores aproveitem esse evento e sejam campeões porque o Brasil tem grandes possibilidade de vencer", acrescentou o dirigente.

Mesmo sendo favorável à presença do atacante na seleção olímpica como um dos possíveis três jogadores com mais de 23 anos, Bartomeu acredita que o clube pode sair no prejuízo. "Prejudica o Barcelona porque ele não poderá fazer a pré-temporada conosco e possivelmente não poderá jogar o Campeonato Espanhol desde o início. Será quase impossível nos convencer de liberar Neymar para os dois (Copa América Centenário e Olimpíada). Para um, entendo perfeitamente que Neymar tenha que estar lá".

A CBF ainda lida com a possibilidade de convocação do atleta para as duas competições e acredita que a decisão não está definida. Dunga se encontrou com a direção do Barcelona no início de março para tratar sobre o assunto e uma nova reunião deve ser realizada em breve.