22°
Máx
14°
Min

Barcelona ignora pressão, vence e mantém liderança do Espanhol a 2 rodadas do fim

O Barcelona entrou em campo pressionado neste sábado, após o Atlético de Madrid vencer o Rayo Vallecano e o Real Madrid bater a Real Sociedad, mas contou com a expulsão de um jogador rival ainda no primeiro tempo e venceu o Betis por 2 a 0, neste sábado, e manteve a liderança do Campeonato Espanhol a duas rodadas do término da temporada.

O triunfo levou o time catalão aos mesmos 85 pontos do Atlético de Madrid, mas com melhor desempenho nos critérios de desempate. O Real Madrid aparece em terceiro, com 84 e ainda sonhando com tropeços da dupla para ficar com a taça. Já o Betis parou nos 41 pontos, em 13.º lugar, e está fora de qualquer briga no Campeonato Espanhol.

Embora não brigue por nada no torneio, foi o Betis que começou o jogo tomando a iniciativa. Aos quatro minutos, Castro chutou, a bola desviou e saiu por cima do gol. Na jogada seguinte, o atacante subiu de cabeça e obrigou o goleiro Bravo a fazer uma boa defesa.

O jogo ficou truncado e a arbitragem distribuiu cartões amarelos, dois para cada time, antes de Neymar conseguir a primeira chance efetiva de gol, aos 28 minutos. O brasileiro recebeu de Alba na área, driblou o zagueiro e bateu rasteiro, mas Adan fez a defesa.

Em uma partida de bom desempenho tático, o Betis desmoronou aos 35 minutos de jogo, quando Westermann deu carrinho em Rakitic, levou o segundo cartão amarelo e acabou expulso de campo. Somente a partir deste momento, o Barcelona conseguiu impor o seu ritmo de jogo.

Após o intervalo, logo aos dois minutos, Luis Suárez recebeu de Neymar na pequena área e desperdiçou uma ótima chance ao chutar para fora. Três minutos depois, porém, o Barcelona abriu o placar. Contando com uma falha de Adan e do zagueiro Pezzella, que não se entenderam em bola aérea, Rakitic só teve o trabalho de empurrar para o gol vazio e fazer 1 a 0.

Aos 28 minutos, Suárez desperdiçou nova oportunidade de marcar ao tabelar com Messi e receber sozinho, mas chutou para fora. Aos 36, no entanto, o uruguaio conseguiu balançar as redes. Ele recebeu lançamento na cara do goleiro e chutou forte no canto direito para fazer seu 35.º gol no Campeonato Espanhol, na artilharia isolada, e deu números finais ao marcador.

Pelas duas rodadas finais do Campeonato Espanhol, o Barcelona enfrenta Espanyol e Granada. Entre os rivais na briga pelo título, o Atlético de Madrid tem pela frente Levante e Celta, enquanto que o Real Madrid pega Valencia e La Coruña.