22°
Máx
17°
Min

Barcelona nega liberação de Neymar para a Copa América Centenário

Foto: Rafael Ribeiro/ CBF - Barcelona nega liberação de Neymar para a Copa América Centenário
Foto: Rafael Ribeiro/ CBF

Neymar está fora da Copa América Centenário. A decisão foi tomada pelo Barcelona e o presidente do clube, Josep Maria Bartomeu, vai comunicá-la à CBF por meio de correspondência ao presidente em exercício da entidade, o Coronel Antonio Nunes. Na Espanha, a informação é de que a carta já foi enviada ao Brasil. A CBF diz não ter recebido ainda nenhuma carta e que não perdeu de vez as esperanças de ter o craque tanto no torneio que será realizado nos Estados Unidos quanto na Olimpíada do Rio de Janeiro.

No entanto, dentro da entidade já há quem dê a batalha por perdida. Mesmo porque faz algum tempo que o Barcelona vem sinalizando que não deixaria Neymar à disposição da seleção nas duas competições. E como o técnico Dunga deixou claro que se tivesse de optar preferia ter o atacante na Olimpíada, será neste torneio que ele defenderá o Brasil.

Pelas regras da Fifa, o Barcelona tem obrigação de liberar Neymar para a Copa América Centenário, pois a disputa faz parte do calendário da entidade, mas não precisa cedê-lo para os Jogos do Rio (a Olimpíada não é evento oficial da Fifa). O Barcelona sempre se posicionou no sentido de deixar o jogador participar de apenas uma das duas competições. Neste caso, será na Olimpíada.

Neymar estava disposto a jogar tanto a Copa América Centenário quanto a Olimpíada e chegou a propor ao Barcelona que participasse do torneio nos EUA só a partir das quartas de final. Assim, teria tempo para descansar e fazer uma parte da pré-temporada com o clube catalão. Mas Bartomeu, depois de consultar sua comissão técnica, disse não.

Na CBF, há quem defenda que Dunga deve convocar Neymar para a Copa América Centenário, pois o clube é obrigado a ceder. Mas essa hipótese não é levada em conta pelo treinador nem por Gilmar Rinaldi, coordenador de seleções da CBF. Além de criar um clima péssimo com o Barça e até com o próprio jogador, sua presença na Olimpíada seria negada.