22°
Máx
14°
Min

Bayern goleia PSV em casa, mas Atlético de Madrid segue na ponta em grupo da Liga

- Bayern goleia PSV em casa, mas Atlético de Madrid segue na ponta

O Bayern de Munique fez a lição de casa nesta quarta-feira ao golear o PSV, por 4 a 1, em casa, reabilitando-se da derrota sofrida para o Atlético de Madrid, na rodada passada. Mas o time espanhol também venceu, o Rostov por 1 a 0, na Rússia, e sustentou a primeira colocação do Grupo D da Liga dos Campeões.

Com 100% de aproveitamento, o atual vice-campeão europeu chegou aos nove pontos. O Bayern segue na segunda posição da chave, com seis pontos. Rostov e PSV têm um ponto cada. Os dois jogos desta quarta vão se repetir na próxima rodada, no dia 1º de novembro, porém com mandos de campo invertidos.

Pressionado pela derrota na última rodada, o Bayern começou em cima da defesa do PSV, tentando impor pressão. E, aos 10 minutos, já tinha duas chances perigosas, em lances individuais de Thomas Müller, pela direita, e Arjen Robben, pela esquerda.

Aos 13, a dupla resolveu atuar em conjunto. Como resultado, o Bayern abriu o placar. Robben cobrou escanteio rasteiro e curto na primeira trave e Müller surpreendeu a defesa ao marcar na segunda tentativa. No primeiro chute, parou no goleiro Zoet. No rebote, não perdoou: 1 a 0.

A pressão alemã abalou o PSV, que quase marcou contra, três minutos depois. A torcida da casa já comemorava o segundo gol. Mas teve pouco tempo para lamentar. Aos 21, Alaba cruzou da esquerda, a bola desviou na zaga e, Kimmich, quase dentro do gol, completou de cabeça. O terceiro quase veio aos 30, quando Robben arrancou pelo meio e bateu forte. Zoet saltou bonito para fazer a defesa.

Mas o combustível do Bayern parecia estar acabando nos 15 minutos finais do primeiro tempo. Aparentando cansaço, o time alemão recuou e passou a levar sustos. Aos 38, Gastón Pereiro bateu na saída do goleiro Manuel Neuer e acertou as redes. A arbitragem, porém, assinalou impedimento e anulou o gol.

O PSV só precisou de três minutos para confirmar a reação. Aos 41, Luciano Narsingh recebeu pela direita e encheu o pé, da entrada da área. Neuer chegou a encostar na bola, mas não foi o suficiente para evitar o gol.

O intervalo da partida não amenizou a reação do time holandês. Na volta para o segundo tempo, o visitante quase empatou aos seis minutos. Após cruzamento da esquerda na área, Pereiro dominou no peito e bateu rápido. Neuer pulou no canto e fez linda defesa.

A torcida alemã só respirou aliviada aos 14 minutos, quando Robben fez sua conhecida jogada pela direita. Cortou para dentro e finalizou de canhota. Zoet deu rebote e, Robert Lewandowski, em posição duvidosa, completou de cabeça para as redes.

Daí em diante, o time da casa reassumiu o controle da partida e não levou mais sustos. Aos 38 minutos, Robben coroou a grande apresentação com sua marca. Thiago Alcântara, filho do brasileiro Mazinho, fez belo enfiada por cima na área e o atacante holandês escorou de cabeça para sacramentar a goleada.

ATLÉTICO DE MADRID TAMBÉM VENCE - Jogando em Rostov-na-Donu, na Rússia, o Atlético de Madrid venceu a terceira seguida na competição e garantiu a ponta da chave. Sem o mesmo ímpeto do fim de semana, quando aplicou 7 a 1 no Granada, o time comandado pelo técnico Diego Simeone foi econômico nesta quarta e derrotou o Rostov por apenas 1 a 0. Yannick Ferreira-Carrasco marcou o único gol da partida, aos 18 minutos do segundo tempo, e manteve a invencibilidade dos atuais vice-campeões da Liga dos Campeões.