22°
Máx
16°
Min

Benteke faz gol mais rápido da história das Eliminatórias em goleada da Bélgica

Christian Benteke colocou seu nome na história das Eliminatórias da Copa do Mundo ao marcar o gol da mais rápido desta competição, nesta segunda-feira, em Faro, em Portugal. Sem um estádio adequado para um jogo deste porte, Gibraltar manda partidas lá desde que foi aceita pela Uefa. Conforme esperado, foi atropelada pela Bélgica. O placar de 6 a 0 ficou barato.

O curioso é que o gol de Benteke, aos sete segundos de jogo, foi marcado depois de Gibraltar dar a saída de bola. Desatento, um defensor errou um passe, o atacante do Crystal Palace fez o desarme e, após outros dois toques na bola, bateu na saída do goleiro.

Até então, o recorde de público em um jogo das Eliminatórias pertencia a outra seleção nanica. Em 1993, Davide Gualtieri precisou de oito segundos para abrir o placar para San Marino contra a Inglaterra, num jogo que terminou 7 a 1 para os ingleses.

Nesta segunda-feira, muito pouca gente viu o gol histórico pessoalmente. O estádio Algarve, que leva o nome da região onde fica a cidade de Faro, estava praticamente vazio. O município, ao sul de Portugal, quase na divisa com a Espanha, tem cerca de 47 mil habitantes, apenas. Mesmo assim, é maior que todo o país de Gibraltar, que tem apenas 30 mil moradores.

O pequeno país, que não é reconhecido pela Espanha - por isso o jogo não foi em Sevilla, que fica ainda mais perto -, já disputou as Eliminatórias para a Eurocopa deste ano. Só em maio, entretanto, foi reconhecido pela Fifa. Nas duas primeiras rodadas, levou 4 a 1 da Grégia e 4 a 0 da Estônia.

A Bélgica, como esperado, também não teve trabalho. Comprado por cerca de 35 milhões de dólares pelo Crystal Palace junto ao Liverpool, Benteke fez ainda o terceiro e o quinto gols. Witsel marcou o segundo, Mertens o quarto e Eden Hazard fechou a contagem.

Como a Bélgica já havia vencido o Chipre por 3 a 0 e a Bósnia-Herzegovina por 4 a 0, chegou aos nove pontos no Grupo H, com 100% de aproveitamento, 13 gols marcados, e nenhum sofrido. A Grécia também tem campanha perfeita, depois de vencer a Estônia por 2 a 0 nesta segunda-feira, fora de casa. Os gregos, entretanto, têm saldo de gols inferior: sete.

A Bósnia assumiu o terceiro lugar isolado, chegando aos seis pontos, depois de vencer o Chipre por 2 a 0 em Zenica. A Estônia fica em quarto, com três. Chipre e Gibraltar ainda não somaram pontos. Pelo menos um deles sai do zero em novembro, quando eles se enfrentam.