20°
Máx
14°
Min

Benzema tem lesão confirmada pelo Real e Cristiano Ronaldo fica fora de treino

O Real Madrid segue acumulando problemas que dificultam a possibilidade de Zinedine Zidane escalar força total na equipe que vive semanas decisivas nesta reta final da temporada europeia. Nesta quinta-feira, o clube revelou que o atacante Karin Benzema sofreu uma lesão muscular na coxa direita contra o Manchester City, na última terça, na Inglaterra, onde precisou ser substituído na partida que terminou empatada por 0 a 0 pelas semifinais da Liga dos Campeões.

Por meio de nota publicada em seu site oficial, o Real não informou o tempo previsto de recuperação para o jogador francês e apenas disse que sua volta aos gramados estará "pendente de evolução" da lesão. Mas, de qualquer forma, é muito pouco provável que ele atue neste sábado contra a Real Sociedad, pela antepenúltima rodada do Campeonato Espanhol, assim como ele se tornou dúvida para o duelo de volta contra o Manchester City, na próxima quarta, no Santiago Bernabéu.

Para completar, a situação de Cristiano Ronaldo continua sendo um mistério. Após desfalcar o Real no confronto de ida com o City, o astro português ficou fora do treino desta quinta-feira, mas o clube segue sem dar detalhes sobre a situação física do jogador.

Fora do jogo contra o City por causa de uma lesão muscular na coxa direita, o atacante tinha a sua presença em campo esperada para a última terça, mas acabou não atuando. A imprensa espanhola garantiu que os exames aos quais o atleta foram submetidos mostraram que não houve ruptura no bíceps femoral do jogador, mas o Real ainda não se pronunciou sobre a lesão.

Desta forma, Cristiano Ronaldo segue como dúvida para o confronto de volta para o mata-mata, depois de o próprio Zidane ter dito, na última segunda-feira, que apostava na presença do português no duelo de ida contra o City na Inglaterra. Ele se lesionou em jogo contra o Villarreal, na semana passada, pelo Campeonato Espanhol, mas cogitava-se que a mesma não fosse grave. Entretanto, ele não ficou nem no banco de reservas no confronto em Manchester.

Presente na Inglaterra para o duelo, Cristiano Ronaldo chegou a ter uma conversa flagrada pela tevê inglesa na qual confidenciava a companheiros de equipe que, "se fosse uma final", estaria em campo para jogar. Zidane, por sua vez, comentou a ausência do português também de forma misteriosa: "Ele sentiu algo e não se sentiu confortável. Esperançosamente, ele estará em forma para a segunda partida".

Antes de pensar no City, o Real lutará para seguir na briga pelo título do Espanhol. Com 81 pontos na terceira posição da competição, a equipe está um atrás do líder Barcelona e do vice-líder Atlético de Madrid, que neste sábado enfrentam respectivamente Bétis (fora de casa) e Rayo Vallecano (em casa).