22°
Máx
17°
Min

Bolaños chega ao Grêmio, explica opção pela camisa 23 e revela 'lobby' de Erazo

Grande contratação do Grêmio para esta temporada, o atacante Miller Bolaños foi apresentado nesta quinta-feira como novo reforço do clube. O equatoriano de 25 anos estava no Emelec, onde ganhou destaque no ano passado e chegou a ser disputado por diversos times do Brasil e de outras partes do mundo. No entanto, o conselho de um ex-gremista o ajudou a decidir pelo clube gaúcho.

"Erazo falou muito quando estava aqui, contou que é um excelente clube, campeão do mundo, com boa estrutura. Conversei com o pessoal do Grêmio que foi ao Equador e manifestou o interesse. Tratei de aceitar e estou contente de estar aqui", declarou, revelando que ouviu o equatoriano que está hoje no Atlético-MG.

Em sua chegada, Bolaños recebeu a camisa 23 das mãos da diretoria gremista, um pedido do próprio jogador. "Gosto de usar o número 23 porque me identifico com o Michael Jordan", comentou, admitindo que tem o ex-jogador da NBA como um de seus ídolos.

Com toda a expectativa em torno dele, Bolaños sabe que precisará se esforçar muito para corresponder. Como não participou da pré-temporada ao lado dos novos companheiros, o jogador ainda não viajará com o restante do elenco para o México, onde o Grêmio estreia na Libertadores diante do Toluca, quarta que vem, mas prometeu entrar em campo em breve.

"Estava treinando no Equador, já comecei os treinos físicos para estar pronto. Estou esperando para ficar à disposição. Quero fazer minha parte dentro de campo para retribuir o carinho do torcedor", disse.