22°
Máx
16°
Min

Botafogo vacila e adia classificação na Copa do Brasil

Foto: goal.com - Botafogo vacila e adia classificação na Copa do Brasil
Foto: goal.com

O Botafogo esteve perto de garantir a classificação para a terceira fase da Copa do Brasil. Após ter feito 2 a 0, o time carioca perdeu Jefferson e viu Helton Leite falhar na vitória por 2 a 1 sobre o Juazeirense, nesta quinta-feira, no estádio Adauto Moraes, em Juazeiro, na Bahia.

Os dois times voltam a se enfrentar na próxima quinta-feira, no estádio Los Larios, em Duque de Caxias (RJ). Um empate garante o time alvinegro na próxima fase para enfrentar o Bragantino, que eliminou o Avaí.

De volta à Série A, o clube carioca enfrenta o São Paulo, domingo, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ). Jefferson, que deixou o campo no início do segundo tempo, com um desconforto no braço, será avaliado para saber se tem condições de jogo.

O início de jogo deu a impressão de que o Botafogo garantiria com facilidade a classificação antecipada. Com três atacantes em campo - Salgueiro, Sassá e Neilton -, o time se lançou à frente e criou boas oportunidades. A primeira foi com Emerson Silva, após cruzamento. O zagueiro cabeceou forte, mas em cima do goleiro Tigre.

Aos 9, conseguiu furar o bloqueio baiano. Após falha da defesa, Neilton aproveitou o vacilo e chutou na saída do goleiro: 1 a 0. O gol fez o time relaxar por uns minutos, com o crescimento do Juazeirense. Nino Guerreiro era quem causava mais perigo para a defesa. Em uma delas, cavou uma falta cobrada por Alex Travassos, que assustou Jefferson.

Susto tomado, os cariocas reagiram e recuperaram o controle da partida. Sassá quase ampliou, em chute forte dentro da área. No início do segundo tempo, o gol da tranquilidade. Salgueiro levantou na área, Leandrinho desviou e Emerson Silva completou de cabeça, aos três minutos: 2 a 0.

O gol garantia a classificação, mas os problemas começaram. Com um desconforto no braço, o goleiro Jefferson foi substituído por Helton Leite. Foi a chave para o gol. Em chute sem força, Alex Travassos cobrou falta e viu o goleiro falhar: 2 a 1, aos 22 do segundo tempo. Motivado pelo gol, o Juazeirense quase empatou, com Alex Travassos e Tony Galego, mas dessa vez Helton Leite conseguiu impedir e segurou a vitória carioca.

FICHA TÉCNICA:

JUAZEIRENSE 1 x 2 BOTAFOGO

JUAZEIRENSE - Tigre; Alex Travassos, Emerson, Ricardo Braz e Deca; Capone, Diego Teles (Tony Galego), Everlan e Wanderson (Gianlucas); Sassá e Nino Guerreiro (Ebinho). Técnico: Evandro Guimarães. Técnico: Evandro Guimarães.

BOTAFOGO - Jefferson (Helton Leite); Luís Ricardo, Renan Fonseca, Emerson Silva e Victor Luís; Rodrigo Lindoso, Fernandes e Leandrinho; Sassá (Luís Henrique), Neilton e Salgueiro (Marquinhos). Técnico: Ricardo Gomes.

GOLS - Neilton, aos 9 minutos do primeiro tempo; Emerson Silva, aos 3, e Alex Travassos, aos 22 do segundo tempo.

ÁRBITRO - Cláudio Francisco Lima e Silva (SE).

CARTÕES AMARELOS - Sassá, Alex Travassos, Deca e Nino Guerreiro (Juazeirense); Emerson Silva e Rodrigo Lindoso (Botafogo).

PÚBLICO - 2.517 pagantes (2.930 no total).

RENDA - R$ 130.800,00.

LOCAL - Estádio Adauto Moraes, em Juazeiro (BA).