22°
Máx
14°
Min

Botafogo vence clássico, segue 100% no Carioca e amplia crise do Fluminense

(Foto: Divulgação)  - Botafogo vence clássico, segue 100% no Carioca e amplia crise do Fluminense
(Foto: Divulgação)

A diferença entre os rivais cariocas ficou ainda mais nítida na vitória do Botafogo sobre o Fluminense por 2 a 0, no estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES), na noite desta quarta-feira, pela sexta rodada do Campeonato Carioca. Invicto e com 100% de aproveitamento na competição, o alvinegro fez um primeiro tempo de amplo domínio, sentenciou o triunfo e ainda colocou ainda mais um pouco de drama na crise vivida pelo adversário.

Classificado para a próxima fase, o Botafogo é o líder do Grupo B, com 18 pontos, e faz outro clássico no fim de semana, desta vez com o Vasco. Já o Fluminense corre o risco de não seguir na competição. Em quarto lugar do Grupo A, última posição para avançar, o time tem 7 pontos e precisará de um bom aproveitamento nas duas rodadas restantes (contra Friburguense e América).

Foi o melhor jogo do Botafogo na temporada, com um início sufocante para cima do adversário. Aos dois minutos, Gegê já deu um sinal de como seria o jogo e finalizou em tentativa que assustou Diego Cavalieri. Quatro minutos depois, o gol. O meia recebeu cruzamento de Diogo e cabeceou para fazer 1 a 0.

O Fluminense estava perdido, com um meio de campo confuso e sem ação. Mesmo assim, quase marcou com Osvaldo, em chute forte. Mas não passou disso. Aos 23, o Botafogo já retomou o jogo e ampliou com Ribamar, após cruzamento de Luís Ricardo: 2 a 0.

Criticado desde o fim do ano passado, o técnico Eduardo Baptista fez a primeira substituição, com a entrada de Gerson no lugar de Douglas. O time deu uma equilibrada. No intervalo, Felipe Amorim substituiu Osvaldo. As mudanças surtiram efeito, com o Fluminense melhor em campo.

O time ganhou o meio e parou de correr risco. O lado esquerdo com Felipe Amorim ganhou força, mas sem finalização. Quando criou a melhor oportunidade, em passe de Cícero, Fred dominou mal e chutou pior ainda. No fim da partida, Diego Souza teve a sua chance, em cobrança de falta, que ele isolou e frustrou a torcida tricolor.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 2 x 0 FLUMINENSE

BOTAFOGO - Jefferson; Luís Ricardo, Joel Carli, Emerson Santos e Diogo Barbosa; Aírton, Bruno Silva, Rodrigo Lindoso, Gegê (Salgueiro) e Ribamar; Luís Henrique (Neilton). Técnico: Ricardo Gomes.

FLUMINENSE - Diego Cavallieri; Wellington Silva, Henrique, Renato Chaves e Gustavo Scarpa. Pierre (Edson), Douglas (Gerson), Cícero e Diego Souza; Osvaldo (Felipe Amorim) e Fred. Técnico: Eduardo Baptista.

ÁRBITRO: Grazianni Maciel Rocha.

GOLS: Gegê, aos 6 minutos, e Ribamar, aos 23, do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS: Gerson e Pierre (Fluminense); Joel Carli, Bruno Silva e Ribamar (Botafogo).

RENDA: R$ 591.720,00.

PÚBLICO: 9.838 pagantes (11.338 no total).

LOCAL: Estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES).