22°
Máx
16°
Min

Botafogo vence Fluminense e será o rival do Vasco na decisão do Carioca

O Botafogo desbancou o favoritismo do Fluminense e venceu o rival por 1 a 0 no estádio Raulino Oliveira, em Volta Redonda, na noite deste domingo, pela semifinal do Campeonato Carioca. Com o resultado, o alvinegro disputará o título estadual contra o Vasco, que horas mais cedo derrotou o Flamengo por 2 a 0, em Manaus, na outra semifinal.

A primeira etapa foi toda do Botafogo. Organizado e bem posicionado, o time de General Severiano praticamente não tomou conhecimento do rival. Articulou boas jogadas e, com boas atuações de Salgueiro, Gegê e Ribamar, teve seu melhor desempenho até aqui no Estadual.

Do outro lado, os tricolores entraram sem coesão e jogaram mal. Entre muitos passes errados, a equipe não criou nenhuma oportunidade de gol interessante. No segundo tempo, o time de Levir Culpi melhorou, mas ainda teve dificuldades em se organizar. Os ataques foram mais baseados na vontade do que na qualidade técnica. No final, pressionou. O alvinegro seguiu insistindo e foi premiado. A situação ficou dramática após a expulsão do zagueiro Joel Carli, mas o clube soube lidar com a pressão e garantiu o resultado.

JOGO - O Botafogo começou o jogo disposto a estragar o pretenso favoritismo tricolor. Organizado, teve menos posse de bola, mas saiu em velocidade e chegou com perigo no gol de Diego Cavalieri. Aos 4, Salgueiro recebeu, cortou Henrique e chutou para boa defesa de Cavalieri. Aos 9, Ribamar recebeu em boas condições e chutou forte. O goleiro novamente atuou bem. No rebote, Gum jogou a bola para longe. No minuto seguinte, Luís Ricardo encontrou Gegê livre na intermediária. O meia girou e acertou um excelente chute na trave.

O time das Laranjeiras se assustou com a agressividade dos adversários e teve dificuldade em atacar. Até os 15 minutos, o jogo era praticamente preto e branco. O primeiro ataque tricolor aconteceu aos 27 minutos. Gerson recebeu livre na área e bateu fraco para fora. Dois minutos depois, a bola sobrou com Renan Fonseca após escanteio. Sozinho na área, o zagueiro chutou para fora, passando perto do gol de Cavalieri.

O Fluminense errou muitos passes - foram 16 até os 34 minutos -, o que prejudicou muito o desenrolar das jogadas. Cansado, o alvinegro diminuiu o ritmo e foi para o intervalo com um sentimento de injustiça por não estar em vantagem no placar.

Na segunda etapa, Douglas entrou no lugar de Gerson, e Cícero ficou mais liberado para jogar no meio. Aos 8, Fred arriscou um chute de canhota de fora da área, que foi para fora. A equipe das Laranjeiras entrou no jogo, mas o alvinegro seguia melhor buscando mais jogadas.

Aos 17, porém, o alvinegro foi premiado pela consistência. Após cobrança de escanteio, Ribamar subiu mais que toda a defesa tricolor e marcou de cabeça o primeiro e único gol da partida.

Em desvantagem, o Fluminense saiu para o ataque. Aos 25, Osvaldo fez uma arrancada em velocidade pela esquerda, chegou na área e cruzou. Cícero recebeu na entrada da área, mas não conseguiu acertar um chute e a defesa recuperou a bola.

O jogo passou a ser de ataques e contra-ataques. Aos 28, Leandrinho fez belo passe para Salgueiro, frente a frente com Diego Cavalieri. O atacante uruguaio chutou em cima do goleiro, que saiu bem do gol.

Com nada a perder, o time tricolor partiu para o tudo ou nada e pressionou os adversários. O zagueiro Joel Carli recebeu seu segundo cartão amarelo e foi expulso aos 39, deixando o desfecho do jogo ainda mais emocionante. O Fluminense apostou em cruzamentos na área e os botafoguenses se defenderam como puderam.

Nos minutos finais, o Botafogo foi inteligente, conseguiu manter a posse de bola em seu ataque e deteve a pressão do rival.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 0 X 1 BOTAFOGO

FLUMINENSE - Diego Cavalieri; Jonathan, Gum, Henrique, Wellington Silva; Pierre (Magno Alves), Cícero, Gerson (Douglas), Gustavo Scarpa; Osvaldo (Marcos Júnior) e Fred. Técnico: Levir Culpi.

VASCO - Jefferson; Luís Ricardo, Joel Carli, Emerson Santos (Renan Fonseca), Diogo Barbosa; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Gegê, Leandrinho (Fernandess); Salgueiro e Ribamar (Diego). Técnico: Ricardo Gomes.

GOLS - Ribamar, aos 17 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Jonathan, Gum, Pierre, Marcos Junior (Fluminense); Joel Carli, Bruno Silva, Gegê, Salgueiro (Botafogo).

CARTÕES VERMELHOS - Joel Carli.

ÁRBITRO - Rodrigo Carvalhães de Miranda.

PÚBLICO E RENDA - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Raulino Oliveira, em Volta Redonda (RJ).