26°
Máx
19°
Min

Brasil é eliminado na disputa por equipes do tiro com arco pela China

(Foto: Divulgação/CBTarco) - Brasil é eliminado na disputa por equipes do tiro com arco pela China
(Foto: Divulgação/CBTarco)

A seleção brasileira masculina de tiro com arco parou nas oitavas de final da disputa por equipes nos Jogos Olímpicos do Rio. O time liderado por Marcus Vinícius D'Almeida foi eliminada neste sábado no Sambódromo. Os asiáticos venceram o confronto por 6 a 2.

"Agora, vamos focar no individual. Eu desfrutei tudo o que eu podia. Sabe Deus quando teremos novamente os Jogos Olímpicos em casa. Não me arrependo de nada, de nenhum tiro. Nossa estratégia era ser ofensivo. Não deu para gente", disse.

O arqueiro de 18 anos nega que tenha se sentido pressionado. Desde o início dos Jogos, ele é apontado como uma das grandes esperanças de medalha. "De uma maneira geral, os Jogos já trazem pressão para todos os arqueiros. Tivemos até um ponto a favor que foi a torcida", afirmou.

Após ficar em 11º lugar no ranqueamento na última sexta-feira entre os 12 participantes, o time brasileiro, que também tinha Daniel Xavier e Bernardo Oliveira, não começou bem o confronto deste sábado e perdeu os dois primeiros sets. O desempenho quase perfeito de Marcus Vinicius no terceiro set recolocou o Brasil na disputa.

Apesar do apoio da torcida e da boa atuação anterior, os orientais, com time formado por Xuesong Gu, Dapeng Wang e Yu Xing, demonstraram concentração e conseguiram a classificação para as quartas de final, quando terá pela frente a Itália.

No masculino, os brasileiros voltam ao combate na próxima terça-feira agora na disputa individual. Neste domingo, a equipe feminina, que ficou em 11º lugar no ranqueamento de 12 times, participa da disputa de medalhas. O primeiro duelo será com as italianas.