28°
Máx
17°
Min

Briga deixa flamenguista em estado grave e provoca prisão de 30 palmeirenses

Após o jogo entre Flamengo e Palmeiras, membros das torcidas organizadas dos dois clubes entraram em conflito. Um flamenguista foi espancado e está em estado grave, segundo a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF). No intervalo da partida, vencida pelo time paulista por 2 a 1, neste domingo, também houve confusão dentro do estádio Mané Garrincha, em Brasília.

A PMDF divulgou uma nota onde confirmou a prisão de 30 torcedores da Mancha e informou que a maioria deles é oriunda de São Paulo e que poderão responder por tentativa de homicídio devido ao espancamento do torcedor flamenguista. Além disso, três sargentos ficaram feridos no confronto. Um teve o nariz quebrado por uma pedrada, o segundo teve as mão perfuradas por estilhaços e o terceiro teve um extintor arremessado nas suas costas.

No intervalo do jogo também foram registradas confusões. Segundo torcedores presentes no local, membros da Mancha Alviverde tentaram invadir o setor onde estava a Torcida Jovem do Flamengo, dando início ao tumulto. Segundo a PM, cerca de 30 palmeirenses furaram o cordão de isolamento e foram em direção aos flamenguistas, na arquibancada superior. A polícia tentou evitar a briga e na confusão, dois torcedores ficaram gravemente feridos e precisaram ser levados para o hospital.

A polícia utilizou gás de pimenta e bombas de efeito moral para dispersar e tentar conter a pancadaria. A substância acabou chegando ao gramado e a arquibancada e alguns atletas e torcedores tiveram dificuldades para respirar.