24°
Máx
17°
Min

Câmara discute concessão do estádio do Café para iniciativa privada

(Foto: N.Com/Arquivo) - Câmara discute concessão do estádio do Café para iniciativa privada
(Foto: N.Com/Arquivo)

A Câmara de Vereadores de Londrina começa a discutir nesta terça-feira (8) o projeto de lei de autoria do Executivo que autoriza o município a ceder o estádio do Café para a iniciativa privada por um período de dez anos, prorrogável por mais dez.

Em contrapartida, o vencedor da licitação será obrigado a reformar e realizar manutenção permanente na praça esportiva. Durante a vigência do contrato, a concessionária também é obrigada a arcar com os impostos sobre o imóvel.

O Estádio do Café completa 40 anos em 2016 e apresenta uma série de problemas estruturais. O local não recebe partidas desde o final do ano passado por conta da troca do gramado, que custou R$ 400 mil aos cofres municipais.

Na justificativa do projeto, a prefeitura argumenta que não possui recursos para manter o estádio, hoje sob responsabilidade da Fundação de Esportes de Londrina (FEL).

A Comissão de Justiça, Legislação e Redação apresentou parecer favorável ao projeto, incluindo uma emenda que orienta para licitação por concorrência, vencendo a empresa que oferecer maior oferta.

Para ser aprovado em primeira discussão, o projeto precisa da aprovação de 13 dos 19 vereadores.