22°
Máx
14°
Min

Capitão do Eintracht descobre tumor grave antes de ajudar time a seguir na elite

Capitão do Eintracht Frankfurt, Marco Russ descobriu que está com um tumor grave. O jogador soube que tem o sério problema de saúde ao ser submetido a um exame antidoping que detectou que ele estava com uma quantidade "anormalmente alta do hormônio HCG (de crescimento)", conforme revelou o clube alemão em nota publicada em seu site oficial nesta quinta-feira.

Depois do resultado do teste antidoping, o atleta se consultou com um urologista, que disse que a grande quantidade de hormônios poderia ser reflexo do tumor grave, o que veio a ser confirmado em novos exames que comprovaram a existência do mesmo.

A Comissão Antidoping da Alemanha já havia indicado anteriormente, por sua vez, que o alto índice de hormônios poderia ser resultado de uma doença, que o jogador agora terá de combater em meio a um momento dramático vivido pelo seu time. Justamente nesta quinta-feira, a equipe enfrenta o Nuremberg, em casa, no jogo de ida dos playoffs que valerão um lugar na elite do futebol alemão.

Apesar da notícia devastadora, Russ afirmou que está pronto e determinado a disputar o duelo que começará às 15h30 (de Brasília) desta quinta, e sua presença em campo já foi aprovada pela equipe médica do Eintracht. "Fique bom logo, Marco! Nossos pensamentos estão com você e sua família", disse o clube no final do comunicado divulgado nesta quinta, no qual também pediu para o atleta "seguir forte" em sua luta contra a doença grave que acaba de descobrir que tem.

O duelo de volta deste playoff que vale a permanência na elite alemã será disputado na próxima segunda-feira. O Nuremberg irá lutar pelo acesso após terminar a segunda divisão do Campeonato Alemão na terceira posição, logo atrás do campeão Freiburg e do vice-campeão RasenBallsport Leipzig, que já asseguraram lugar na elite. Já o Eintracht terminou em 16º na última edição da principal divisão do Alemão, à frente apenas dos rebaixados Stuttgart e Hannover.