21°
Máx
17°
Min

Caso Germano: Londrina é punido pelo TJD e cai para 6º no Paranaense

O Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná (TJD-PR) decidiu, em sessão realizada na noite de quarta-feira (17,) pela punição de perda de seis pontos ao Londrina Esporte Clube pela escalação irregular do volante Germano na primeira rodada do Estadual, diante do PSTC em Arapongas.

O clube perde três pontos conquistados na partida e mais três pela punição, saindo da vice-liderança para a sexta posição na tabela de classificação, com quatro pontos.

Por unanimidade, o Londrina foi condenado no artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) por “incluir na equipe, ou fazer constar na súmula ou documento equivalente, atleta em situação irregular para participar da partida, prova ou equivalente”.

Por outro lado, o clube foi absolvido da pena do artigo 223, “deixar de cumprir ou retardar o cumprimento de decisão, resolução ou determinação da Justiça Desportiva”. A absolvição neste artigo foi motivada pela ausência de Germano no jogo seguinte, diante do Toledo. 

O Londrina foi defendido pelo advogado Domingos Moro, e o supervisor de futebol João Severo prestou depoimento representando o clube. 

Relembre o caso

Germano foi denunciado por agredir o lateral Norberto, do Coritiba, na partida de ida das semifinais do Paranaense 2014. O árbitro não viu o lance, que também não foi relatado em súmula.

No entanto, a imagem da agressão chegou até o TJD, que decidiu pela suspensão do atleta por uma partida. Como a decisão foi proferida em 12 de maio, quando o campeonato já havia acabado, a suspensão valeria para a primeira partida do Estadual no ano seguinte.

 O Londrina alegou não ter sido avisado formalmente da punição por ter trocado o endereço de e-mail. Germano atuou os 90 minutos contra o Toledo, na vitória por 2 a 0.