28°
Máx
17°
Min

Cavalieri fecha gol e garante empate do Fluminense contra o Vitória em Salvador

(Foto: Divulgação)  - Cavalieri fecha gol e garante empate do Fluminense contra o Vitória
(Foto: Divulgação)

Graças às defesas do goleiro Diego Cavalieri, o Fluminense saiu com um empate por 0 a 0 com o Vitória, neste domingo, no estádio Barradão, em Salvador, em partida válida pela 14.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Vitória chegou ao quinto jogo sem perder no Brasileirão e foi a 18 pontos, em 12.º lugar. Embora tenha a mesma pontuação, em 11.º, o Fluminense passa por situação difícil, pois soma apenas duas vitórias nos últimos 11 jogos, e viu aumentar a pressão sobre o técnico Levir Culpi, que já havia ameaçado entregar o cargo após empate com o Ypiranga-RS, pela Copa do Brasil, durante a semana passada.

Na partida, logo aos seis minutos de jogo, Diego Cavalieri foi exigido pela primeira vez em um chute forte de Nickson. Pouco depois, o arqueiro do Fluminense fez nova defesa, desta vez em cobrança de falta de Marinho.

Melhor durante o primeiro tempo, o Vitória permaneceu martelando o gol tricolor. Aos 16 minutos, Dagoberto mandou para fora após receber de Kanu. Já aos 31, Marinho quase fez um golaço ao chapelar um marcador na intermediária e chutar de muito longe, mas Diego Cavalieri apareceu e espalmou para escanteio.

Dagoberto, que ainda não balançou as redes com a camisa do Vitória, ainda perdeu mais uma chance no primeiro tempo. Aos 38 minutos, o atacante dominou no bico da área e fez pose para o chute, mas a bola saiu fraca e Diego Cavalieri encaixou bem.

O Fluminense só respondeu nos últimos minutos do primeiro tempo, aos 40 e 45, com falha do goleiro do Vitória para interceptar cobrança de escanteio e chute de Dudu que saiu à esquerda, respectivamente.

Na volta do segundo tempo, Levir Culpi mandou Richarlison e Samuel para os lugares de Magno Alves e Osvaldo. Entretanto, foi o Vitória que criou a primeira chance com um minuto e a desperdiçou com Dagoberto. Aos 13, Diego Cavalieri apareceu para salvar o Fluminense novamente em chute de Victor Ramos.

Para não deixar o goleiro do Fluminense pegando tudo sozinho, Caíque mostrou serviço quando foi exigido. Mas isso só aconteceu aos 31 minutos. Marcos Júnior acertou belo passe, Maranhão apareceu em velocidade pelo lado esquerdo da área e chutou rasteiro, mas o arqueiro rubro-negro mandou para escanteio.

Antes do apito final, Diego Cavalieri ainda foi exigido novamente aos 40 minutos, quando defendeu outra cobrança de falta de Marinho, e Kieza cabeceou para fora a chance de sair com a vitória do Barradão.

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA 0 x 0 FLUMINENSE

VITÓRIA - Caíque; Diego Renan, Kanu, Victor Ramos e Euller; Amaral (Marcelo), Willian Farias e Nickson; Dagoberto, Marinho e Kieza. Técnico: Vagner Mancini.

FLUMINENSE - Diego Cavalieri; Wellington Silva, Renato Chaves, Henrique e William Matheus; Douglas, Dudu (Marcos Júnior), Cícero e Maranhão; Osvaldo (Richarlison) e Magno Alves (Samuel). Técnico: Levir Culpi.

CARTÕES AMARELOS - Kanu, Euller e Marinho (Vitória); Wellington Silva, William Matheus, Cícero e Maranhão (Fluminense).

ÁRBITRO - Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF).