22°
Máx
14°
Min

CBF anuncia G-6 no Brasileirão para Copa Libertadores de 2017

(Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG) - CBF anuncia G-6 no Brasileirão para Copa Libertadores de 2017
(Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG)

O G-4 do Brasileirão agora virou G-6 e mais dois times vão garantir vaga na Libertadores de 2017 através do Campeonato Brasileiro. O anúncio oficial aconteceu na noite deste domingo e foi feito pela CBF através das redes sociais. A decisão foi tomada em reunião do Comitê Executivo da Conmebol, em Bogotá, Colômbia.

A Copa do Brasil continua dando vaga apenas para o campeão. Ou seja, a partir do próximo ano, os clubes brasileiros terão direito a sete vagas na Libertadores. "O Brasil terá mais duas vagas na Copa Libertadores. As duas novas vagas no Brasileirão. Confirmação veio na reunião de hoje (ontem), em Bogotá. Vagas já valem para Libertadores 2017. Brasileirão 2016 com G- 6", informou o Twitter da CBF.

O anúncio surpreendeu quem esperava um G-5 para o Brasileiro deste ano, como chegou a ser ventilado durante a semana passada. Essa decisão reconfigura a competição faltando dez rodadas para o término do campeonato.

Por exemplo: clubes que já viam a vaga na Libertadores como algo distante terão um ânimo novo. Hoje, o quarto colocado, o Santos, tem 48 pontos. Era o último time do G-4. Agora, até o Atlético-PR, em sexto lugar, com 42 pontos, já asseguraria uma vaga na Libertadores se o Brasileirão terminasse hoje. Corinthians (41), Botafogo (41), Grêmio (40) e até a Chapecoense (39) podem sonhar em garantir um lugar no G-6.

Mas não foi só o Brasil que ganhou mais vagas na Libertadores de 2017. Chile, Colômbia e Argentina também terão mais participantes no torneio continental na próxima temporada. Essas alterações fazem parte de uma grande mudança proposta pela Conmebol.

A Libertadores agora terá 44 equipes e será disputada em 42 semanas, e não mais em 27, como aconteceu este ano. Ela começará em fevereiro e irá até novembro. Além disso, dez dos clubes que não se garantirem nas oitavas de final da competição irão para a Sul-Americana, em um formato semelhante ao da Uefa na Liga dos Campeões e na Liga Europa. Outra alteração é que de 2017 em diante, a Libertadores deverá ter sua final disputada em partida única e campo neutro.