22°
Máx
16°
Min

CBF confirma Manaus como sede de Brasil x Colômbia, pelas Eliminatórias

O Governo do Estado do Amazonas e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciaram nesta segunda-feira que a Arena Amazônia, construída para a Copa do Mundo de 2014, será o palco do confronto entre Brasil e Colômbia, pela oitava rodada das Eliminatórias da Copa de 2018. O confronto vai acontecer no dia 6 de setembro.

A escolha era esperada e teve motivações logísticas. A seleção brasileira joga no dia 2 de setembro, sexta-feira, em Quito, contra o Equador. Depois, precisará fazer uma viagem relativamente curta para receber a Colômbia em Manaus, na terça. A opção pela Arena Amazônia também é boa para a Colômbia, que antes jogará em casa contra a Venezuela.

Com a escolha pelo estádio manauara, a seleção brasileira seguirá sem jogar no Sul/Sudeste durante as Eliminatórias. O Brasil primeiro recebeu a Venezuela no Castelão, em Fortaleza, e depois foi à Fonte Nova, em Salvador, encarar o Peru. Em março, enfrentou o Uruguai na Arena Pernambuco, na região metropolitana de Recife. Todos estádios foram construídos ou reformados para a Copa de 2014.

A seleção brasileira principal nunca jogou na Arena Amazônia, inaugurada em março de 2014. A última vez que a equipe jogou em Manaus foi em 2003, também pelas Eliminatórias, quando venceu o Equador no Vivaldão, estádio que deu lugar à nova arena.

Antes do duelo das Eliminatórias, a Arena Amazônia vai receber seis jogos da Olimpíada. A tabela começa com duas partidas masculinas no dia 4 de agosto, segue com outras duas masculinas no dia 7 e se encerra com rodada dupla feminina dois dias depois, incluindo o duelo entre Brasil e África do Sul.

Neste ano, o estádio foi palco de dois clássicos cariocas. Fluminense x Vasco reuniu pouco mais de 32 mil torcedores, enquanto Vasco x Flamengo atraiu mais de 44 mil pessoas à Arena.