23°
Máx
12°
Min

Com 2 de Jovetic, Inter bate Udinese de virada e assegura 4ª posição do Italiano

A Inter de Milão levou um susto ao tomar um gol no início, mas venceu a Udinese por 3 a 1, de virada, em casa, no único jogo disputado neste sábado pela 35ª rodada do Campeonato Italiano. Com o resultado, conquistado com dois gols do montenegrino Stevan Jovetic e um do brasileiro naturalizado italiano Eder, a equipe assegurou a quarta posição da tabela, com 64 pontos, e deu novo passo para ao menos garantir uma vaga na Liga Europa.

Já a Udinese estacionou nos 38 pontos, na 14ª posição, e ainda não afastou o risco matemático de rebaixamento. A equipe de Údine está oito à frente do Frosinone, 18º colocado, que encabeça a área de risco da tabela e neste domingo joga em casa contra o Palermo.

Em outro confronto deste domingo, a Fiorentina, quinta colocada, com 59 pontos, tentará voltar a se aproximar da Inter de Milão em duelo contra a Juventus, que poderá ser campeã já neste final de semana em caso de vitória em Florença.

A vitória deste sábado também fez a Inter encerrar um tabu que durava desde 2010, quando a equipe de Milão venceu a Udinese pela última vez jogando no Giuseppe Meazza, onde não conseguiu superar o adversário nos quatro confrontos anteriores entre os dois times, sendo que no período amargou três derrotas e um empate nestes duelos.

E a Udinese chegou a dar a impressão que manteria o tabu ao sair na frente com um gol já aos 9 minutos neste sábado. Após receber passe do ganês Agyemang Badu, o francês Cyril Thereau acertou belo voleio para abrir o placar para os visitantes.

A Inter, porém, não se abalou com o gol e conseguiu empatar aos 36 minutos, quando Jovetic finalizou um bom cruzamento do argentino Icardi. E o mesmo Jovetic acabou marcando o gol da virada aos 30 da etapa final, desta vez completando um passe do francês Biabiany.

A Udinese ainda desperdiçou grande chance de empatar o jogo no final com o colombiano Duván Zapata. E, quando o 2 a 1 já parecia certo, Eder foi lançado na frente, passou por um defensor e tocou na saída do goleiro, aos 50 minutos, para decretar o placar final.