22°
Máx
14°
Min

Com 2 gols no fim, Bayern bate Schalke no clássico e vence a 2ª seguida no Alemão

Atual tetracampeão nacional, o Bayern de Munique venceu o Schalke 04 por 2 a 0, nesta sexta-feira, em Gelsenkirchen, no clássico que abriu a segunda rodada desta edição 2016/2017 do Campeonato Alemão. Foi a segunda vitória seguida da equipe bávara, que assim se manteve com 100% de aproveitamento neste início de competição, na qual mais uma vez entrou como grande favorita ao título.

O triunfo fora de casa, porém, só foi garantido no final do segundo tempo do confronto, com dois gols originados em jogadas de contra-ataque. O polonês

Robert Lewandowski, aos 36 minutos, e Joshua Kimmich, nos acréscimos, balançaram as redes pelo Bayern.

O resultado amargado diante de sua fanática e numerosa torcida manteve o Schalke 04 na zona de rebaixamento do Alemão, ainda sem pontuar, no 17º e penúltimo lugar. A equipe só está à frente do Werder Bremen, que ocupa a lanterna depois de ter sido goleado por 6 a 0 justamente pelo Bayern, em Munique, na estreia do torneio nacional. Já o time de Gelsenkirchen havia sido derrotado pelo Eintracht Frankfurt por 1 a 0, fora de casa, na primeira rodada.

Após conquistar sua segunda vitória em dois jogos, o Bayern voltará a campo pelo Campeonato Alemão apenas no próximo dia 17, na Allianz Arena, contra o Ingolstadt. O Schalke, por sua vez, buscará os seus primeiros pontos neste Alemão contra o Hertha Berlin, longe de seus domínios, no dia seguinte.

No clássico desta sexta, o Bayern promoveu a estreia oficial do meio-campista português Renato Sanches, que foi escalado no lugar do chileno Arturo Vidal, poupado de entrar jogando como titular pelo técnico Carlo Ancelotti após ter defendido o Chile na última terça-feira pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018.

O estreante, porém, não foi bem, perdendo muitas bolas e errando vários passes. E, após uma primeira etapa truncada e com raras chances de gol, o Bayern só foi conseguir engrenar na reta final do confronto. Isso depois que Ancelotti promoveu as entradas de Vidal e do brasileiro Douglas Costa já aos 15 minutos, quando sacou Xabi Alonso e Ribéry, antes de também substituir Renato Sanches por Kimmich aos 25.

O gol de Lewandowski foi sair apenas aos 36 minutos, quando o polonês recebeu um belo passe de Javi Martínez e chutou com categoria na saída do goleiro adversário. E, quando o 1 a 0 já parecia certo como resultado final do jogo, Kimmich foi acionado pelo lado direito da área por Lewandowski em um novo contragolpe e chutou cruzado para decretar o 2 a 0.