22°
Máx
17°
Min

Com dois gols de Vizeu, Flamengo vence o Atlético-MG e entra no G4

(Foto: Divulgação/Flamengo) - Com dois gols de Vizeu, Flamengo vence o Atlético-MG e entra no G4
(Foto: Divulgação/Flamengo)

Jogando como mandante e com a maior parte da torcida à favor, o Flamengo venceu o Atlético-MG por 2 a 0 neste domingo, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, pela 14.ª rodada do Brasileirão. Com o resultado, o time rubro-negro chegou a 23 pontos e ocupa temporariamente a quarta posição da tabela - o Santos joga na terça contra o Palmeiras e pode recuperar o posto. Já O Atlético-MG permanece com 20 pontos na nona colocação.

Bem posicionado em campo, o clube da Gávea teve mais posse de bola e dominou o ritmo da partida. Em uma exibição segura, o Flamengo conseguiu ficar em vantagem no começo da partida e resistiu aos avanços do Atlético-MG. O atacante Felipe Vizeu, de 19 anos, mostrou seu oportunismo e marcou os dois gols rubro-negros. Mancuello e Willian Arão tiveram boas atuações e auxiliaram na movimentação da equipe.

A derrota interrompeu uma sequência de quatro vitórias e um empate do Atlético-MG. O time não conseguiu envolver a defesa rubro-negra e teve dificuldade para criar jogadas perigosas. Robinho e Patric até chegaram a fazer gols mas, impedidos, tiveram os lances anulados pelo árbitro Marielson Alves.

As equipes voltam a campo para a próxima rodada do Campeonato Brasileiro no fim de semana que vem. O Flamengo enfrenta o Botafogo no sábado no estádio Luso-Brasileiro, no Rio de Janeiro, às 16h, e o Atlético-MG recebe o Coritiba no domingo, no Independência, às 20h.

JOGO - O Flamengo começou o jogo bem posicionado em campo e pressionou o adversário. Aos 6, em cobrança de escanteio, William Arão subiu sozinho, cabeceou e a bola passou rente à trave de Victor. O time da Gávea seguiu com maior posse de bola e sufocando os avanços do Atlético-MG. Em uma jogada bem trabalhada, aos 12, Felipe Vizeu recebeu a bola na intermediária com liberdade e bateu rasteiro para abrir o placar no Mané Garrincha.

O Atlético teve dificuldades para encontrar brechas no sistema defensivo do Flameno, mas pressionou. Os mineiros chegaram a marcar duas vezes no final da primeira etapa, em duas jogadas irregulares. Robinho e Patric estavam impedidos nos lances.

Na volta do intervalo, o Atlético-MG avançou para buscar o resultado. Aos 10, Clayton fez boa jogada, ficou livre e chutou cruzado. Muralha estava atento e espalmou para escanteio afastando o perigo. Aos 7, o lateral Marcos Rocha caiu de mau jeito e lesionou o braço direito. Teve de ser substituído e deve desfalcar a equipe até se recuperar.

Apesar do ímpeto atleticano, o dia era de Felipe Vizeu. Em jogada pela direita, Fernandinho cruzou, Vizeu se antecipou à marcação e ao goleiro Victor e empurrou para o gol, fazendo seu segundo na partida.

Em desvantagem ainda maior, os mineiros passaram a pressionar muito. Aos 20, Maicossuel fez boa jogada e rolou para Robinho, na área, que chutou. Muralha defendeu e, na sequência, Clayton não conseguiu completar para o gol vazio. Jorge cortou a bola. Aos 26, Douglas Santos cruzou, Rafael Vaz desviou e a bola sobrou para Hyuri, que mandou para fora.

A pressão do Atlético permitiu espaços para contra-ataques. Aos 30, Vizeu roubou a bola de Erazo, entrou sozinho e cara a cara com Victor. O atacante demorou a finalizar, tentou uma finta e perdeu uma oportunidade clara de gol.

Após o tempo técnico do segundo tempo, o Flamengo tentou recuperar mais a posse de bola e esfriar o jogo. A estratégia surtiu algum efeito e os mineiros perderam um pouco do ímpeto ofensivo. O Fla conseguiu administrar o resultado sem surpresas até o fim.

FICHA TÉCNICA:

FLAMENGO 2 X 0 ATLÉTICO-MG

FLAMENGO - Alex Muralha; Pará, Rafael Vaz, Réver, Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Mancuello (Canteros); Marcelo Cirino (Canteros), Fernandinho (Cuéllar) e Felipe Vizeu. Técnico - Zé Ricardo.

ATLÉTICO-MG - Victor; Marcos Rocha (Carlos Cesar), Leonardo Silva, Erazo, Douglas Santos; Rafael Carioca, Júnior Urso, Patric (Maicossuel); Clayton (Hyuri), Carlos e Robinho. Técnico - Marcelo Oliveira.

GOLS - Felipe Vizeu, aos 12 minutos do primeiro tempo e aos 11 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Pará (Flamengo); Carlos Cesar, Erazo, Robinho, Carlos (Atlético-MG).

ÁRBITRO - Marielson Alves Silva (BA).

PÚBLICO - 23.391 pessoas.

RENDA - R$ 1.139.180,00.

LOCAL - Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF).