21°
Máx
17°
Min

Com dores na coxa, Ganso vira dúvida para semifinal da Libertadores

O meia Paulo Henrique Ganso, do São Paulo, sentiu dores na coxa direita durante o jogo desta quarta-feira, contra o Fluminense, e virou dúvida para a semifinal da Copa Libertadores. O camisa 10 entrou durante o segundo tempo da vitória por 2 a 1, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro, e nos instantes finais, começou a mancar. Na saída de campo, apesar de recusar entrevistas aos repórteres, avisou: "Estou fora".

Ganso foi poupado do confronto com o Santos, no domingo, por estar com desgaste muscular. Nesta quarta, o técnico Edgardo Bauza o colocou na vaga de Michel Bastos no segundo tempo. Já perto do fim, o camisa 10 sentiu a coxa direita e chegou a fazer sinal para o banco para que fosse substituído. Como o treinador argentino tinha feito as três alterações, o jogador ficou em campo apenas para completar time.

A situação faz o São Paulo ficar ainda mais preocupado para enfrentar o Atlético Nacional, da Colômbia, a partir da semana que vem. O atacante Kelvin também sentiu lesão na coxa semana passada, contra o Sport, e já deve ser uma baixa do time.

Ganso sentiu o problema muscular justamente na última partida do time do Morumbi com a presença de titulares. No fim de semana, contra a Ponte Preta, Bauza pretende escalar uma formação inteiramente reserva.

Fora Ganso e Kelvin, o time também tenta recuperar outros titulares para a partida pela semifinal. Os volantes Hudson e Wesley, mais o lateral-esquerdo Mena estão em fase final do tratamento de lesões e tentam se apressar para que possam ter condições de atuar.