24°
Máx
17°
Min

Com gol brasileiro, Itália vence Suécia e vai às oitavas da Eurocopa

Um gol brasileiro salvou o fraco duelo entre Itália e Suécia, nesta sexta-feira, pela segunda rodada do Grupo E da Eurocopa. O atacante Éder, naturalizado italiano, marcou aos 42 minutos do segundo tempo o gol que garantiu a vitória sobre o time sueco por 1 a 0, em Toulouse. Mais uma vez, Zlatan Ibrahimovic passou em branco.

O triunfo assegurou a equipe italiana nas oitavas de final da competição continental. Com seis pontos, o time lidera a chave com folga. Suécia e Irlanda, que enfrentará a Bélgica neste sábado, tem apenas um. Os belgas não pontuaram na rodada de abertura do grupo.

De um lado, Ibrahimovic. Do outro, Graziano Pellè, destaque da seleção italiana no jogo de estreia. Nenhum dos dois, porém, conseguiu brilhar no primeiro tempo. Pellè e o brasileiro Éder, da Inter de Milão, sumiram no meio da defesa sueca, enquanto Ibrahimovic foi completamente anulado pelo experiente Chiellini.

Aplicadas na marcação, as duas seleções não conseguiram evitar o jogo truncado e de poucas chances ofensivas na etapa inicial. As jogadas que não foram neutralizadas pelas zagas sucumbiram diante dos erros de passe no tumultuado meio-campo. O primeiro tempo acabou sem nenhuma chance clara de gol.

A segunda etapa começou com a Itália no ataque. Na primeira tentativa da equipe na partida, Parolo cruzou da direita e Pellè acertou forte chute, mas mandou para fora. Foi praticamente só o que o ataque italiano produziu em quase 60 minutos de jogo.

Aparentemente despreocupado com a falta de criação do setor ofensivo italiano, o técnico Antonio Conte preferiu mudar a defesa. E trocou De Rossi pelo brasileiro naturalizado italiano Thiago Motta, aumentando o reforço da zaga.

Mais disposto a atacar, o time sueco, que teve posse de bola de até 59% durante o jogo, só não levava perigo em razão das próprias falhas. Errava passes curtos, lançamentos e Ibrahimovic, isolado no ataque, era inoperante na partida.

E, quanto teve a chance do jogo, o atacante vacilou. Foi aos 26 minutos, quando o astro estava praticamente sem marcação na segunda trave. Ao completar cruzamento rasteiro, ele pegou mal na bola e mandou por cima do travessão.

Se a Suécia não aproveitou sua oportunidade, a Itália não desperdiçou. Depois de carimbar o travessão com Parolo, aos 37 minutos, o time italiano marcou o único gol da partida aos 42 minutos, em jogada individual de Éder. O brasileiro disparou pelo meio, deixou três marcadores para trás e bateu da entrada da área, no canto esquerdo do goleiro Isaksson.

O gol decretou a segunda vitória italiana na competição e deixou a Suécia em situação perigosa no grupo. Terá que vencer a Bélgica na rodada final da chave para ter chances de classificação.

FICHA TÉCNICA:

ITÁLIA 1 x 0 SUÉCIA

ITÁLIA - Gianluigi Buffon; Giorgio Chiellini, Andrea Barzagli, Leonardo Bonucci; Alessandro Florenzi (Sturaro), Daniele De Rossi (Thiago Motta), Marco Parolo, Emanuele Giaccherini, Antonio Candreva; Graziano Pellè (Zaza) e Éder. Técnico: Antonio Conte.

SUÉCIA - Andreas Isaksson; Erik Johansson, Victor Lindelof, Andreas Granqvist, Martin Olsson; Sebastian Larsson, Albin Ekdal (Lewicki), Kim Kallstrom, Emil Forsberg (Durmaz); John Guidetti (Marcus Berg) e Zlatan Ibrahimovic. Técnico: Erik Hamrén.

GOL - Éder, aos 42 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - De Rossi, Buffon.

ÁRBITRO - Viktor Kassai (Hungria).

RENDA - Não disponível.

PÚBLICO - 29.600 pagantes.

LOCAL - Stadium de Toulouse, em Toulouse (França).