28°
Máx
17°
Min

Com gol contra bizarro, Coritiba perde de virada para o Vitória por 3 a 1

(Foto: Divulgação/Vitória) - Com gol contra bizarro, Coritiba perde para o Vitória por 3 a 1
(Foto: Divulgação/Vitória)

Com um gol contra bizarro marcado pelo zagueiro Juninho, o Coritiba perdeu para o Vitória por 3 a 1, na Bahia. Com o resultado, o Verdão permanece na zona de rebaixamento, na 17ª posição, com 18 pontos conquistados e ainda pode cair para a vice-lanterna, se Santa Cruz e Cruzeiro vencerem seus jogos. Já o Vitória subiu quatro posições e está na 12ª colocação, com 22 pontos.

Confira a tabela do Campeonato Brasileiro da Série A 2016

O primeiro tempo foi do Coritiba, mas quem chegou primeiro foi o Vitória, aos oito minutos. Depois de uma falha da defesa Coxa-Branca, o ataque do Leão entrou com cinco jogadores sozinhos, sem marcação, dentro da área. Kieza recebeu livre e com o gol totalmente aberto, mandou por cima. Para a sorte do atacante, o bandeirinha já tinha marcado impedimento.

No entanto, no restante da partida só deu Coritiba. Aos 12, Kleber ganhou uma disputa e mandou para o gol. A bola, porém, foi nas mãos do goleiro Fernando Miguel. Um minuto depois, o goleirão quase entregou o ouro. Depois de um cruzamento de Kazim, o rqueirão foi segurar a bola, mas deixou ela pelo meio das pernas. No entanto, ninguém do Coritiba conseguiu aproveitar a bobeada.

Aos 18, Kleber recebeu de Kazim, girou dentro da área, mas bateu fraco. A bola saiu pelo lado esquerdo, perto do gol. Com 24 minutos, foi a vez de Raphael Veiga testar Fernando Miguel. O meia bateu cruzado e o goleiro precisou se esticar para conseguir a defesa. Aos 37, Iago bateu colocado e a bola caprichosamente beijou a trave e foi para fora.

No entanto, o Verdão só conseguiu chegar ao gol no segundo tempo. Aos dois minutos, Carlinhos fez um cruzamento e Raphael Veiga apareceu livre para cabecear e mandar a bola no ângulo do gol de Fernando Miguel, sem chance de defesa para o goleiro Rubro-Negro. O Coritiba, inclusive, quase ampliou três minutos depois, quando Kazim cruzou na área e Raphael Veiga teve o chute travado pela defesa do Vitória.

O empate do Vitória aconteceu em um gol contra bizarro anotado pelo zagueiro Juninho. O jogador foi tentar cortar um cruzamento de Cardenas, mas acabou batendo de canela e a bola encobriu o goleiro Wilson, que estava adiantado e só ficou olhando o Vitória deixar tudo igual na partida. A virada aconteceu aos 43 minutos, quando Marinho fez uma bela jogada e anotou um bonito gol. O time da casa ainda ampliou aos 47, com Kieza, que recebeu na área e não deixou a chance passar.

Na próxima rodada - a última do primeiro turno do Brasileirão -, o Coritiba enfrenta a Ponte Preta, no Couto Pereira. A partida vai ser disputada no próximo domingo (7), às 16h, mesmo horário do jogo do Vitória com o Palmeiras, na Arena Palmeiras, em São Paulo.