22°
Máx
14°
Min

Com gol de Bobô, Grêmio ganha em casa do Novo Hamburgo pelo Campeonato Gaúcho

(Foto: Divulgação/Foto: Diego Vara/ Agência RBS)  - Com gol de Bobô, Grêmio ganha em casa do Novo Hamburgo pelo Campeonato Gaúcho
(Foto: Divulgação/Foto: Diego Vara/ Agência RBS)

O Grêmio encontrou bastante dificuldade, mas conseguiu vencer o Novo Hamburgo por 1 a 0, neste domingo, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, pela quinta rodada do Campeonato Gaúcho. O centroavante Bobô, que entrou no segundo tempo, marcou o gol da vitória.

O resultado manteve o time tricolor na terceira colocação com 12 pontos, a três do líder Juventude, que tem 100% de aproveitamento. O Novo Hamburgo é o oitavo, com cinco. Na próxima rodada, o Grêmio visita o São Paulo-RS, na quarta-feira.

No duelo deste domingo, as equipes fizeram um jogo equilibrado. O Grêmio foi o primeiro a assustar. Aos três minutos, Marcelo Oliveira cruzou da esquerda, Luan se antecipou e tocou na trave. O Novo Hamburgo respondeu aos 18. Anderson Paraíba fez boa jogada e mandou uma bomba. Marcelo Grohe voou para o canto esquerdo e mandou para escanteio.

O time tricolor chegou a balançar as redes aos 29 minutos, mas o auxiliar assinalou corretamente impedimento. Marcelo Oliveira chutou, a bola desviou na zaga e sobrou para Henrique Almeida, em posição irregular. O atacante mandou a bola para o gol, mas não valeu. Nos acréscimos, o Novo Hamburgo obrigou Marcelo Grohe a fazer nova defesa. Após cruzamento da direita, Kiros cabeceou para baixo e o goleiro gremista salvou.

O segundo tempo começou bastante truncado. O técnico Roger Machado optou por fazer duas alterações. Tirou Henrique Almeida para entrada de Bobô e colocou Fernandinho na vaga de Douglas. As mudanças surtiram efeito e aos 20 minutos a equipe tricolor conseguiu abrir o placar. Luan cobrou falta da intermediária, Bobô se antecipou ao goleiro e desviou de cabeça para as redes.

O Novo Hamburgo sentiu o gol e se perdeu em campo. O Grêmio, com dificuldades para criar jogadas, só assustou mais uma vez. Aos 40 minutos, Bobô tocou para Everton, que chutou forte. Jandrei espalmou e a bola sobrou para Fernandinho, que, livre, mandou para fora.